O BOM E O MAU

Uma pequena colher de sal numa xícara de café.

Beba: é salgado!

Uma pequena colher de sal numa imensa e grande fonte de água cristalina.

Beba: que doce, que saudável!

Assim são as pessoas.

Umas se apegam no sal da pequena xícara, sentem o gosto salgado da vida.

Outras se apegam nas águas cristalinas da fonte, sentem o gosto doce da vida.

O gosto salgado da vida é para quem se apega nele, porque salgada é a pessoa.

O gosto saudável da vida é para quem se apega nele, porque doce é a pessoa.

O negativo e o positivo. O bem e o mal.

O positivo quer o bem de si mesmo, o negativo, o mal de si mesmo.

O positivo procura sempre encontrar o bem em tudo que lhe cerca e acontece, devido à sua natureza de bom.

O mal procura encontrar o mal em tudo, devido à sua natureza de mau.

O bom tem a sua natureza voltada para cima, sua visão é ampla, não se confina, é livre.

O mau tem a sua natureza voltada para baixo, sua visão é diminuta, confinada, é encarcerado pelo mal que alimenta em si mesmo.

O bom encara as mesquinharias da vida com indiferença, é superior ao sofrimento, à dor, à ignorância.

O mau encara as mesquinharias com relevância, é inferior em tudo, faz do sofrimento, da dor e da ignorância sua bandeira, seu guia.

O bom dá importância ao que tem importância, valor ao que tem valor.

O mau dá importância ao que importância não tem; valor, ao que valor nenhum tem.

Por isso, está aí a CULTURA RACIONAL, para todos aqueles que valorizam tudo que é de bom e de bem.

E o prato é sortido, tem bons e tem maus.

E revivem os bons e, não os maus.

O tempo é pouco para se conhecer e saber bem viver.

Procuremos nos desligar das ocorrências trágicas da fase de liquidação, elas são para lapidação dos que não se importam com o que é de importância.

Voltemos nossos olhos para a fonte frondosa de águas cristalinas e, não, para o confinamento de  porção de água salgada na pequenez de uma xícara.

Procuremos nos libertar do pensamento confinador! Chega de apego ao cárcere!

Abracemos o raciocínio!

Nos Livros
UNIVERSO EM DESENCANTO!

www.universoemdesencanto.com.br

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

7 respostas para O BOM E O MAU

  1. Raquel disse:

    Linda explicação. adorei. Só para reforçar: "A maior Alegria da Pessoa, é viver em Harmonia consigo mesma." ( 293 Hist. pág. 28.) Salve-nos a IMUNIZAÇÃO RACIONAL. Gde abraço,Raquel.

    Curtir

  2. JULIANA BARROS disse:

    Salve amiga, adoro esse texto! Boa tarde =)

    Curtir

  3. zilma disse:

    O prato é sortido, tem bons e maus.
    Na balança em que lado ficaremos?
    adorei……adorei

    Curtir

    • nalub7 disse:

      Sim, Zilma, o prato é sortido, até que todos se compenetrem do bem si mesmos e de todos, que está no desenvolvimento do raciocínio, que é o dono da vida, o bem verdadeiro e, não embusteiro.
      Os dias se aproximam, quando todos terão uma só compreensão da vida: que o mal não compensa, pois, só traz malefícios para quem o contempla.
      Gratíssima e meu grande abraço!

      Curtir

  4. Wellington Palhano disse:

    Salve Nagea!
    Acabo de estudar uma lição do Livro Universo Em Desencanto
    que abordou exatamente sobre o assunto desse texto.
    (43 Hist. pag. 46): “Porque os maus não respeitam o bem de si mesmos.
    Os maus não querem saber do bem, só querem saber do mal.
    Porque os maus, são puro magnético.
    São gerados pela energia magnética.
    Esses, são rudes, atrasados e embrutecidos.
    E os gerados pela energia elétrica são bons, diferentes dos maus.
    Os bons reconhecem direitos.
    E os maus não reconhecem direitos.
    E de forma que os maus, por si mesmos se destroem.”
    Tenho certeza de que não foi nenhuma coincidência não é
    verdade?
    Um abraço fraternal amiga!!!

    Curtir

    • nalub7 disse:

      É isso mesmo, Wellington. Que todos que aqui chegam, atentem para todas essas verdades aqui à disposição de todos que realmente procuram o bem de si mesmos e de toda a humanidade.
      O bem é simples, o mal, complicado. Tomara todos acordem para essa realidade positiva e consciente e compreendam, de vez, que aqui só se trata do bem e da felicidade de todos, que se encontra no conhecimento Racional. Gratíssima!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s