A INTERPRETAÇÃO DA VIDA

Há PESSOAS e pessoas.

Daí, INTERPRETAÇÕES e interpretações.

Por quê?

Porque há três energias regendo os seres materializados.

De baixo para cima: a magnética, a elétrica e a Racional.

E, assim, a interpretação da vida depende da energia em que a pessoa está ligada.

O mal é dos fracos interpretadores e o bem é dos bons interpretadores.

Os bons interpretam como Racional. Os maus interpretam como bicho Racional.

O magnético interpreta de uma forma, o elétrico de outra e o Racional de outra.

O Racional interpreta certo.

O elétrico mais ou menos e o magnético muito mal, porque são três energias.

Uns são ligados à energia magnética. Outros, ligados à energia elétrica e outros ligados à Energia Racional.

E cada qual é comandado pela energia que está ligado.

E, daí, a causa das interpretações diferentes.

Dos bons interpretadores, dos maus interpretadores e do positivo interpretador.

De acordo com a energia que está ligado, a interpretação.

E é por isso que todos são diferentes, todos são desiguais, devido essas três mecânicas diferentes, essas três máquinas diferentes.

A máquina da imaginação, a energia magnética.

A máquina do pensamento, a energia elétrica.

E a máquina do raciocínio, a Energia Racional.

E, por isso, tem os desequilibrados, os equilibrados e os certos, dentro deste conjunto elétrico e magnético.

A voz do coração é a voz do raciocínio. Os que não tem coração, ligados ao magnético, não podem ouvir a voz
do raciocínio.

Mas, persistindo na ligação à Energia Racional, lendo os Livros da Energia Racional, Universo em Desencanto,
deixarão de ser maus, passarão a ter coração, passarão a ouvir a voz do raciocínio, mudando a sua interpretação da vida, passando a interpretar a vida como Racional e, não, como bicho Racional.

E o sofrimento horroroso pelo qual passa o mundo, irá aumentar cada vez mais, até que, cansados de tanto sofrer, todos cheguem à mesma conclusão de se desligar destas energias do chão, elétrica e magnética, para se ligarem à Energia Racional, pelo desenvolvimento do
raciocínio, lendo e relendo, estudando e reestudando os Livros Universo em Desencanto.

A hora é essa, de desenvolver o raciocínio, porque a fase do pensamento terminou desde 1935. Com o pensamento,
ninguém resolve mais nada.

O Livro do momento:

UNIVERSO EM DESENCANTO.

A interpretação da vida agora, é a interpretação da vida como ela é: RACIONAL!

E a Natureza tem um poder absoluto sobre tudo e sobre todos: ligado à energia eletromagnética, desce de classe e
vai correr a longa hierarquia dos bichos irracionais, querendo ou não.

Ligado à Energia Racional, retorna ao seu verdadeiro estado natural de Racional puro, limpo e perfeito.

E, queiram ou não queiram, é essa a interpretação correta da vida. A VERDADE independe da aquiescência de ser
algum.

Liguemos-nos à Energia Racional, enquanto há tempo!


Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

2 respostas para A INTERPRETAÇÃO DA VIDA

  1. Mel Racional disse:

    Esta interpretação UNA – UNICA – RACIONAL – ainda acontecerá quando o Sol for mudado, por enquanto, hão de existir realmente as três interpretações… Se o entender se deu qdo da incidência da Energia Pura no ‘EU’, a interpretação está reta, correta, e nunca será mudada… Se ocorreu na ligação do pensamento da água – a elétrica e no pensamento magnético – o mal puro, está equivocada, haverá mudanças… Portanto, tudo com o seu tempo de crescimento…
    Grata por dar-me a oportunidade de RACIOCINAR!
    Um grande e fraterno abraço!
    Mel Racional

    Curtir

    • nalub7 disse:

      É verdade, Mel, isso só será mudado quando cada qual tiver substituído seu sol eletromagnético pelo sol RACIONAL. Ou seja, quando o Astro Rei que acompanha cada qual, perder sua parte deformada. E sendo o Sol o Astro Rei, por efeito dominó, as demais partes irão naturalmente se adequando ao Reinado, perdendo também a parte deformada. Por isso, você já deve ter notado, neste blog e nos programas de rádio que fazia, minha preocupação de chamar à atenção nossos semelhantes sobre a importância fundamental do desprendimento da matéria, já que ela, por ter características essencialmente dominadoras, nos torna prepotentes, arrogantes e dominadores, dificultando a recuperação do nosso sol.
      Você, Mel, com sua solidariedade, sua fraternidade, sua obediência e persistência no cumprimento do dever Racional de estudar e divulgar Cultura Racional é que está se dando a oportunidade de RACIOCINAR. O mérito é todo seu, minha Irmã.
      Gratíssimos e honrados com sua participação nessa união em prol da recuperação de toda a humanidade.
      E vamos em frente, que atrás vem gente!
      Igualmente e com o mesmo carinho, um grande e fraterno abraço!
      Nágea Luiza.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s