DIZER SIM A QUEM PEDE AJUDA É AJUDAR A SI MESMO

Transcrevemos belíssimo relato de um estudante de Cultura Racional,  Wilson de Figueiredo que aprendeu, com o desenvolvimento do raciocínio, que ajudar a alguém que pede ajuda é ajudar a si mesmo.

E que depois de dizer não, muitas vezes, a quem pedia ajuda, descobriu que o necessitado era ele mesmo e mudou seu comportamento do NÃO para o SIM.

E aqui vai o relato:

Na verdade foram muitas as vezes que me deparei com o mesmo erro. Eu dizia sempre NÃO!
Uma dessas vezes, eu estava no Centro do Rio de Janeiro, com pouco dinheiro no Bolso. O suficiente para voltar para casa e alguns trocados a mais.

Eu comia um salgado em um bar. Este bar era situado no centro de uma rua, com uma longa saída para esquerda e direita. Uma espécie de avenida, perto da Policlínica do Rio de Janeiro.

Ao comer, com a boca CHEIA do salgado, um mendigo me toca no ombro. Como quem me diz, me dá um trocado, ou algo assim. 

De fato, um dos meus muitos defeitos, repeti mais uma vez! Eu, com a cabeça, disse NÃO! Não, como quem diz, eu não tenho dinheiro algum! O que de fato não tinha pra dar.

Mas ele não me perguntou nada, apenas me tocou no ombro para me chamar à atenção. 

Isso tudo ocorreu em um segundo. Imagine você, ao ser tocado e virar. Ao dizer NÃO e voltar a minha atenção ao salgado. Em um segundo a mais eu pensei: Ora, eu posso pagar um salgado pra ele! E me virei para CORRIGIR O MEU DEFEITO!

Ao virar não encontrei o mendigo. Olhei para a esquerda nesta enorme rua, entre o CASTELO e o Ed. CENTRAL. Olhei para a direita e ele SIMPLESMENTE havia desaparecido!

Muitas vezes dizemos NÃO a coisas que nem sequer perguntamos. Muitas vezes falamos com pessoas e NÃO TEMOS idéia de quem são, de onde são e o que realmente querem.

Se este fosse um caso isolado, eu diria que teria corrigido o problema. Mas, eu o tive algumas dezenas de vezes. Fui privilegiado em receber, SEJA LÁ QUEM FOR e, infelizmente, NÃO ME COMPORTEI como devia.

No fim de tantas experiências, aprendi uma ÚNICA COISA:

Ao falar de ESPIRITUALIDADE, MEDIUNIDADE, VIDÊNCIA, ou seja lá o que for: “O General diz que é Soldado e o Soldado diz que é General!”

Por não podermos ver, ou entender, eles (os invisíveis de várias dimensões), manifestam-se como necessário.

Se você por acaso recebe a visita de um mendigo, certamente não dará tanta atenção quanto daria a um homem bem vestido, terno e gravata  etc.

Eles, os invisíveis que estão trabalhando na recuperação da humanidade, estão em todo lugar, de todas as formas. Da pessoa que você encontra na rua e pergunta as horas até aquelas que estão falando algo ao seu redor com outra pessoa – e a mensagem é pra você!

Quantas vezes já ouvimos coisas que são para nós mesmos e estamos apenas prestando atenção?

Aprendi que muitos deles são SIMPLES e dão valor à SIMPLICIDADE.

SE NÃO ESTAMOS PREPARADOS PARA OS MAIS SIMPLES, ENTÃO, NÃO ESTAMOS PREPARADOS PARA OS MAIS ELEVADOS.

Nesse mesmo ponto de vista, perguntei a um amigo e repassei a mesma pergunta a diversos outros Irmãos.

Perguntei:

“SE A CASA DOS TRÊS PODERES FOSSE INAUGURADA HOJE, SE AS TRÊS PORTAS FOSSEM ABERTAS E VOCÊ TIVESSE A CHANCE DE CONVERSAR COM SEU IRMÃOS INVISÍVEIS, QUAL DAS TRÊS PORTAS VOCÊ ENTRARIA PRIMEIRO? A DO ASTRAL INFERIOR, A DO ASTRAL SUPERIOR OU A DO MUNDO RACIONAL?”

A resposta, quase que óbvia, para a grande maioria veio: “O Mundo Racional!”

Eu respondi, com meu POUQUÍSSIMO entendimento sobre as coisas do ALÉM:

“Se a APOTEOSE fosse hoje, se as portas fossem abertas, é porque eles estão preparados e nós também, por sermos todos “IGUAIS” aos olhos de DEUS.
E, por uma questão de hierarquia e respeito, eu começaria com a do Astral Inferior, com o maior orgulho e carinho, falaria com todos, iria ao Astral Superior, falaria com todos e, por último, iria com o maior prazer à porta do MUNDO RACIONAL. Por que pra mim, os mais simples são tão importantes quanto os mais poderosos.”

Aprendi que quando uma entidade ou divindade me atende e conversa comigo, eu não QUERO SABER quem é. Por que sei que os mais poderosos, para não causar choque ou alarde, dirão que são simples. E os mais simples, para serem aceitos, dão nomes fortes e chamam a atenção. Acredito no equilíbrio de todas essas Forças, no Amor delas.

Hoje já não me deixo enganar tanto, me esforço para ouvir quem diz, sem saber quem é. Pouco me importa se é grande ou pequeno. Apenas sou feliz e honrado de poder ouvir, às vezes desabafar.

Aos meus Amigos Irmãos, invisíveis do Plano Superior, o MEU MUITO OBRIGADO, quer sejam grandes ou pequenos, quer sejam fortes ou aparentemente fracos. Eu sou honrado, feliz e os amo MUITÍSSIMO.

Obrigado aqueles que vieram, que seja pela mão que afaga ou pela mão que pune, pois, pequenos e insignificantes somos nós, diante de tanta grandeza, que sempre nos gerou, criou, mantém e governa, sem nada receber de nós, os materializados neste segundo mundo.

Obrigado, Obrigado e Obrigado por poder voltar pra casa e conhecer cada um de VOCÊS, porque agora já concluí e aprendi que nós aqui na Terra somos os verdadeiros necessitados, necessitando de ajudar os nossos semelhantes que nos solicitam ajuda, para que possamos ser ajudados pelo ALÉM!

Com muito amor Racional,

Will.

(Aos que não estudam Cultura Racional, recomendamos que procurem estudá-la, para compreender o grande significado de expressões como: ASTRAL INFERIOR, ASTRAL SUPERIOR e MUNDO RACIONAL, que compõem dimensões acima daquela em que nos encontramos e que estão trabalhando dia e noite e noite e dia para recuperação da humanidade, inclusive materializando-se na Terra, como pessoas simples, como profissionais de saúde, dentre outras materializações e, inclusive, como discos voadores. Mas, não são objetos metálicos, são corpos de energia que tomam essa forma para anunciar a Fase Racional na Terra, de preparação de todos para contato com o nosso Verdadeiro Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, para onde todos iremos retornar, através do desenvolvimento do raciocínio. E além do entendimento dessas dimensões, saberão o significado de APOTEOSE na Fase Racional e de Casa dos Três Poderes).

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para DIZER SIM A QUEM PEDE AJUDA É AJUDAR A SI MESMO

  1. Wellington Palhano disse:

    Salve, meu irmão Wilson de Figueiredo!
    Seu relato me emocionou muito e me fez lembrar que
    existem pessoas que não alcançam essa reflexão de
    seu texto. Ficam se valendo da lei da causa e efeito
    para justificar sua falta de humanidade, mas que na
    realidade ainda não pararam para observar o que vc.
    com sua sensibilidade pode vislumbrar.
    Parabéns, amigo, um grande abraço fraternal!!!

    Curtir

  2. Wilson de Figueiredo disse:

    Irmão Wellington Palhano,
    Obrigado por suas palavras. Eu fico feliz em compartilhar com meus irmãos momentos e memórias como estas. Aonde cada um de nós vivencia uma realidade diferente.
    Mas a minha maior felicidade, é fazer parte desta grande familia que comecou apenas com nosso mestre e hoje são milhares espalhados mundo afora.

    Obrigado pelo carinho a voce e a irmã Nágea Luiza Batista.

    Salve!

    Curtir

  3. HUMBERTO disse:

    Grande Wilsinho….filho do amigo e Irmão Figueiredo, do qual tive a honra de conviver no Retiro Racional… boa percepção de igualdade Universal…SAUDAÇÕES RACIONAIS À FAMILIA…

    Curtir

    • nalub7 disse:

      Satisfação sua presença aqui no “Raciocinar…” Humberto. Muito bem-vindo e que nos dê a alegria de muitas outras visitas e comentários, que são muito importantes para esclarecimento maior daqueles que aqui vêm e que ainda estão procurando conhecer melhor o caminho Racional.
      Gratíssimos! Grande abraço!

      Curtir

    • Wilson de Figueiredo disse:

      Obrigado meu irmão Humberto pela carinhosa lembrança a meu pai.
      Sem ele e sem a presença dos amigos e irmãos dele, eu não teria dado os primeiros passos nesta estrada Racional.

      Obrigado mais uma vez, desejo Luz no seu caminho!

      Salve,
      Will

      Curtir

  4. Salve. Me fez lembrar este fato que enviei para o facebook:
    Convidado Para Almoçar.
    Um amigo do Mestre MJC e meu conhecido, convidou o Mestre para almoçar.
    Disse: “Sr. Manoel o senhor é meu convidado para almoçar no domingo em minha casa”.
    E o homem muito respeitado, com uma boa situação financeira, sabendo em partes dos poderes do Mestre, ficou feliz quando ouviu a resposta positiva do Mestre: “Domingo estarei lá com muito prazer”
    A conversa se estendeu com os pensamentos do amigo em uma boa recepção com uma mesa farta, afinal, quem ia almoçar com ele e sua esposa, não era um homem comum e sim um homem de outro mundo.
    Os pensamentos agitados, pensando que ia relatar o acontecimento inédito para os amigos e familiares, pos, estava orgulhoso com a resposta positiva do Mestre.
    Tratou de ir ao mercado, comprou o melhor, ótimas iguarias, o melhor bacalhau, o melhor vinho, etc.
    Já cedo, o fogão ardia com todas as bocas acesas com as panelas transbordando diversos alimentos e o forno quente preparado para um assado.
    A geladeira mal se fechava pesada de sobremesas e bebidas.
    Pos estava nervoso com a chegada do Mestre. Abria um cerveja, tomava um taça de vinho para se acalmar e os nervos pareciam não parar.
    Sua esposa arrumou a mesa com uma bela toalha rendada, colocou belos jarros com flores naturais, iguarias e bebidas dignas da recepção de um rei. Estava tudo pronto, agora é aguardar a chegada do Mestre.
    Estava orgulho, pensativo: “será que ele vai gostar?” Pos tinha feito o melhor.
    Batem palmas em sua porta (maneira antiga de chamar o dono).
    Ele olha um pouco curioso e chateado ao ver que tinha um mendigo em sua porta.
    E diz com desdém: “O que você quer?”
    O mendigo responde: “Eu quero almoçar, estou com fome e sei que tem um banquete em sua casa.”
    “_Tem sim, só que não é para você, é para um grande amigo e vá embora”.
    O mendigo ainda tentou insistir e não adiantou nada, teve que ir embora.
    As horas se passavam e o almoço se transformou em tristeza, pos o Mestre não almoçou.
    O Homem achou que o Mestre havia faltado com a palavra e um outro dia foi até a sua residência enfurecido, reclamou que havia feito um banquete e que ficou decepcionado com a falta da palavra e a ausência.
    O Mestre disse que havia ido: “_Eu fui”
    O Homem: “_Como foi? eu esperei o dia intero e o Sr. Não apareceu.
    O Mestre: _”Eu apareci, disse que estava com fome e que você havia preparado um banquete e você não deixou eu entrar e me mandou embora, tentei insistir e não adiantou, me mandou embora varias vezes”.
    Naquele momento as lágrimas corriam de arrependimento no homem e os pedidos de desculpas não paravam de ecoar.
    Salve Todos.

    Curtir

    • nalub7 disse:

      Gratíssimos a você, Ubirajara, por ter complementado o relato do Wilson com este belíssimo depoimento que, ao mesmo tempo que mostra o poder incomensurável do Mestre Manoel Jacintho Coelho, com sua nobilíssima lição de humildade, nos ensina, mais uma vez, que jamais devemos nos ater nas aparências.
      Nosso grande abraço!

      Curtir

  5. Wellington Palhano disse:

    Muito bom, Ubirajara, Salve!
    O homem do texto não passou no teste, mas será
    que estamos atentos o suficiente?
    Outro dia assisti uma reportagem sobre pessoas
    que vivem na rua. São invisíveis para a sociedade,
    pois ninguém quer saber do infortúnio do próximo,
    o egoísmo está tão enraizado em nosso ser que até
    quem estava ali, ao lado do Mestre, não passa no
    teste. Mesmo nós que estudamos essa maravilhosa
    obra UNIVERSO EM DESENCANTO, esquecemos que
    aqueles mendigos que povoam as ruas, também carregam
    em suas cabeças um habitante materializado em forma de
    máquina do Raciocínio.
    Um grande abraço fraternal, amigo!!!

    Curtir

  6. Salve. É verdade. Temos que ficar sempre atentos. O artificialismo, as distrações da vida material atrapalha a humanidade a enxergar o que está na frente dos olhos.

    “Hoje estão vendo e sabendo quem é o raciocínio e quem é o Racional da terra, a função dele no mundo inteiro, aparecendo em todos os lugares, de formas diferentes, de olhos azuis, louro, como um velho, como um mendigo, como um pobretão; as roupagens são tão diferentes.
    Assim aparecendo por todos os lados, por todos os cantos, como assim tem sido visto por uma infinidade de lugares, que já não tem mais conta, de formas diferentes.
    Nem sempre pode se apresentar com a sua característica verdadeira. Para ver que o raciocínio é o verdadeiro amigo de todos.” (livro 165).

    Curtir

  7. zilma disse:

    Eu entendi, pois, passei por uma experiência
    como a sua. Isto nos faz analisar que precisamos
    mudar para ontem, o mais rápido !

    Curtir

  8. please keep posting those great articles, your readers thank you so much for that, as we can always learn something new from your articles. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

    Curtir

    • nalub7 disse:

      We were very thrilled with your comment, because our goal is really to give truthful information to people so that they are able to live better through the development of the reasoning, the Pineal Gland. God bless you and all your friends who visit this blog. All we post here is all we study in the books Universe in Disenchantment, which were dictated by our brothers from the true world of our oirigin, the RATIONAL WORLD. Everyone needs to know all is revealed in Universe in Disenchantment, edited in 14 languages. Ask your book in this site: http://www.culturaracional.com.br God bless you, your family and all your friends.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s