MOMENTO RACIONAL 94

MOMENTO RACIONAL 94 - ASTROLOGIA RACIONAL.jpg

(Compilado da Escritura Racional do RACIONAL SUPERIOR)

(*)

ASTROLOGIA RACIONAL

 

“POR O SER HUMANO SER UM CENTRO ASTROLÓGICO, É QUE, COM O TEMPO, TINHA QUE CHEGAR A CONCLUSÃO DE ENCONTRAR EM SI MESMO A IMUNIZAÇÃO RACIONAL, E NELA, O PORTA-VOZ DA VERDADE DAS VERDADES, POR A NATUREZA DOS VIVENTES SER ADEQUADA À NATUREZA QUE OS FEZ, POIS SÃO FORMADOS POR ESTA NATUREZA, E POR ISSO, DEPENDEM DELA PARA VIVER, SENDO ENTÃO FORMADOS POR SETE PARTÍCULAS E DEPENDEM DELAS”. (O RACIONAL SUPERIOR)

A influência do planeta e do signo, que são pertences da vida, é fruto de um estudo nascido na Arábia, feito pelos sábios de outrora. A Arábia é um país de muitas lendas, muitas histórias e muito romancismo, onde existiram noutros tempos castelos de ouro e de mármore. Castelos estes que, com o decorrer dos tempos, foram sendo demolidos e os povos adotaram novos sistemas. Mas não há, ainda hoje, quem não aprecie o passado da velha Arábia, com suas histórias, seus contos e romances do passado.

Existiam sábios nascidos na Arábia, veteranos conhecedores de astrologia, que procuraram o mapa da vida que todos trazem nas mãos. E com a lapidação da ciência astrológica, começaram a prestar atenção nos astros por muitos e muitos séculos, notificando seus movimentos, e botando o nome de planeta e de signo. Este estudo foi se espalhando por toda a Ásia, tornando-se depois conhecido universalmente.

Naquele tempo a ciência era toda natural e se comunicava com os astros naturalmente, adquirindo o vivente, dessa forma, tudo o que precisava. Os sábios provavam então, a cada pessoa, o porquê do seu nascimento, o que tinha que ser, o que se passava na vida e o que iria se passar na vida de cada um.

Com o passar do tempo, essa ciência que imperava outrora para guiar todos, foi ficando para um canto e as novas gerações criando novas ciências e abandonando o conhecimento de astrologia. Naquele tempo o ensinamento era só este, e com o tempo, os viventes criaram o novo alfabeto que usam até hoje e que acharam melhor. Deixaram o alfabeto verdadeiro, que é o de astrologia, onde o vivente encontra sua vida toda como é, como não é e como tem que ser. Esse é que é o alfabeto nascido em outras eras, quando todos sabiam por que nasciam, o que tinham que ser na vida e o que lhes aconteceria, até o dia de sua morte.

O progresso e o modo de se entenderem era completamente diferente. As novas gerações começaram a inventar alfabetos novos, surgindo daí, todos os embaraços que existem no mundo. Os viventes mais felizes do mundo não são aqueles que são governados pelo seu signo ou pelo seu planeta e sim os que são governados por outra parte diferente desse vácuo, que é a parte Racional.

A parte Racional é que governa todos os planetas, sua força sempre por cima deles todos. E o estudo de astrologia que era um estudo adiantadíssimo para se regularem outrora, não tinha valor algum em relação à força da parte Racional. Valia apenas, para o vivente saber por que nascia e os andamentos de sua vida. Era muito bom para libertar os povos; era mais adiantado que esse sistema, esse alfabeto inventado pelo homem da Terra, que aí ficaram bichos de uma vez. Inventaram esse alfabeto para verem se podiam evitar ou cortar coisas que deviam se passar. Nesse tempo não havia deus na Terra; o deus era o sol e a deusa era a lua.

Acima de todos esses conhecimentos está a força da parte Racional que não cumpre caprichos de planetas nem de signos, porque está subjugada à parte superior, e os planetas cumprem assim, o que essa parte superior quer.

Entretanto, o alfabeto de astrologia era muito melhor do que esse que inventaram e adotam até hoje, porque, com os conhecimentos astrológicos, todas as pessoas se conheciam umas as outras. Para um conhecer o outro, não precisava perguntar quem ele era, bastava-lhe apenas pedir para que o deixasse ver a mão. Sabia com quem estava falando, que idade tinha, o que estava se passando com a pessoa e o que iria se passar em sua vida.

Era um alfabeto muito melhor, como também era melhor o modo de viver, pois todos se conheciam e conheciam uns aos outros. Esse alfabeto com o tempo veio caindo e os viventes quiseram ver se poderiam viver melhor ainda do que viviam. E começaram com os inventos, sabendo que iam para pior, pois a melhora procurada é como estão vendo aí no Universo. Esse alfabeto astrológico é muito fácil para quem quer aprender e EU não ensino aqui porque é um alfabeto antigo e o que impera atualmente no mundo é outro.

Tudo isso é para verem como foi a evolução do mundo. Quantas coisas já se passaram que nem vale a pena comentar.

Entretanto, surge agora aí no mundo a IMUNIZAÇÃO RACIONAL. Nasceu no Brasil a IMUNIZAÇÃO RACIONAL para as novas gerações que, quando chegarem aí, nesse mundo, a adotarão, por ser ela uma compreensão só e por serem todos por um e um por todos.

E quem é esse um? É o RACIONAL SUPERIOR.

Portanto, o que é um planeta? Planeta é um vivente dos astros, com sua vida e sua força estando nessa força a sua influência. Dessa forma, quando o vivente nasce e esse ou aquele planeta  está com sua influência sobre a Terra, o vivente recebe a influência dele. Se a influência é de Marte, o vivente sofre muito, pena muito. Se a influência é de Júpiter, o vivente sofre menos; se é de Aquário, menos ainda e assim, sucessivamente.

O que é o signo? Signo é a pedra ou o metal que o planeta adota e aonde tem toda a influência, que é o número, sendo a letra o planeta. E por isso, cada pedra com seu planeta, cada metal com seu planeta. E assim os vegetais, os animais e tudo que existe no mundo, pois até para fazer uma plantação é preciso escolher o planeta que, muitas vezes, o vivente pensa que trás chuva, planta e o planeta que vem é seco e tudo morre. Muitas vezes, a lua promete chuva e não chove e outras vezes, não promete e faz chover.

Os planetas imperam com grande furor no mundo, existindo os que indicam seca por muito ou pouco tempo. Por isso,quando outrora se guiavam pelos planetas, viviam muito melhor. Os homens eram mais caprichosos e as mulheres também.

Está aí o conhecimento dos primitivos alfabetos que surgiram no mundo, onde existiram diversos, mas o melhor foi de astrologia. Com o alfabeto de astrologia o povo se compreendia e governava melhor. Com o alfabeto que impera até hoje, só se vê no mundo um progresso de martirizados e de sofredores. É um alfabeto todo complicado que deu a todos essa mania de melhorar e tudo cada vez piorando.

Hoje, olham para o alfabeto que está nas palmas das mãos, para todos esses traços, todos esses riscos e todos esses pontinhos e nada sabem decifrar.

Tudo isso tem os seus dizeres e os viventes não sabem decifrá-los. Então com o saber nas mãos, com a vida toda traçada nas palmas das mãos, que é o alfabeto astrológico e sem saberem o que dizer.

Tão bonito o vivente olhar para as palmas das mãos e saber por que nasceu, saber tudo que tem que se passar, o que tem que ser na vida, não adiantando fugir daquilo que está escrito em suas próprias mãos. Saber toda a sua rota futura, o dia e a hora de morrer. Tão bem que todos poderiam viver.

A culpa é das gerações de outrora, que tudo podiam saber até chegarem ao auge: se nasciam para esta ou aquela arte, para esta ou aquela ciência, podendo se guiar pelo mapa da vida que está na palma das mãos, que dá a todos a carreira que deviam seguir, o lugar que deviam morar, a fortuna, a riqueza, as passagens remediadas.

Os ambiciosos e gananciosos que tinham vontade de ser ricos, mas o alfabeto mostrava que seriam remediados, os outros, a que o alfabeto dizia que tinham que ser músicos, mas não queriam ser músicos, queriam que a ciência fosse feita de acordo com tais vontades de quererem ser aquilo que não nasceram para ser, então, esses desgostosos é que foram tratando de organizar outra ciência e outro alfabeto para que, por meio deles, pudessem dar expansão às suas vontades.

Debalde foram os esforços desses ditos que não se conformavam com os seus destinos dados pelo alfabeto astrológico. Então não quiseram guiar-se pelo direito, que é a mania de muitos e seguiam pelo torto, para as suas conveniências.

É a tal mania de ninguém se conformar em ser pequeno, todos querem ser grandes. Ninguém se conforma em ser pobre, todos querem ser ricos. Ninguém se conforma em estar por baixo, todos querem estar por cima, por causa de seus caprichos, sem saberem que estão com o mapa da vida nas palmas das mãos, indicando toda a trajetória que terão que passar.

O alfabeto de astrologia, dado pela própria Natureza, é que deveria governar. E então, o vivente saberia, pela leitura das palmas das mãos, qual seria a sua passagem na vida, quem o substituiria na missão que ele desempenhava no mundo, quem seria seu substituto. Mas, muitos viventes de outrora, não se conformavam em não serem, pelo mapa astrológico, os substitutos daqueles que governavam.

Então assim, na ânsia de governar, foram procurar recursos para dar expansão às suas vontades. Inventaram então esse alfabeto que ainda hoje adotam no mundo e daí, começaram todos os desentendimentos e o desequilíbrio de tudo no mundo. Umas vezes, na família de um remediado, nascia um filho com o título expresso no alfabeto astrológico para governar e ser o substituto daquele que estava governando ou que ainda ia governar.

Os ricos tinham seus filhos que, muitas vezes. Não nasciam com esses dotes dados pela Natureza e não gostavam, não se conformavam; eram ricos, queriam que seus filhos fossem grandes e ricos também. Isso é para verem  que desde o princípio do mundo, nunca quiseram saber do direito, e sim do torto e por isso as novas gerações vieram a adotar o que era torto, feito pelos ambiciosos e gananciosos, para poderem dar expansão às suas vontades.

No Oriente, ainda usam muito o Alfabeto Astrológico. Na Índia os hindus, e mesmo na Arábia, ainda se faz uso desse alfabeto.

Imaginem quantas fases se passaram até o tempo atual, quando vamos passar por outra fase superior a todas, e que é a IMUNIZAÇÃO RACIONAL,  o conhecimento que agora estou dando, EU, o RACIONAL SUPERIOR, com todos os esclarecimentos, tintim por tintim, do porquê de tudo, com todas as bases sólidas sobre tudo nesse mundo e fora dele.

O mundo vem há muito com suas modificações e tudo que existe no mundo se transformando sempre para pior, chegando inesperadamente, agora, uma transformação para melhor, que é a IMUNIZAÇÃO RACIONAL.

Ninguém conhece o que é IMUNIZAÇÃO RACIONAL, mas vão conhecer agora, por meio dessa Escrituração “Universo em Desencanto”. Então aí é que vão saber o que é IMUNIZAÇÃO RACIONAL e chegar à conclusão de que é uma das maiores descobertas do mundo.

 

 Caro Leitor:

O capítulo acima, parcialmente transcrito, é apenas uma pequeníssima amostra do conteúdo desta transcendental e inédita Obra Racional Cultural “Universo em Desencanto”.

É o primeiro e único Livro a descrever a história completa da humanidade em todas as suas dimensões: de onde ela procede; como e quando surgiu aqui na Terra; quem fez este mundo de matéria; como foi feito; qual a sua causa e qual a origem dessa causa.

E por se tratar de uma Obra Transcendental, prossegue em direção ao futuro, aquele tão desconhecido quanto o passado de tudo e de todos, descrevendo com riqueza de detalhes como é esse futuro e como é se viver nele Racionalmente para retornarmos para de onde viemos; a PLANÍCIE RACIONAL.

Em síntese, estimado leitor, nesse mundo de matéria nada se cria, nada se perde e dele nada se leva, pois tudo se transforma. Viemos vivendo fases de transformações ao longo de milênios, que é a unidade de tempo que a Cultura Racional intitula de “eternidade”, pela impossibilidade de dimensioná-la dentro da limitada capacidade de nosso rudimentar entendimento e percepção: 21 eternidades representam o tempo decorrido desde que saímos de nosso Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, até o presente momento.

Portanto, o que aqui foi brevemente exposto pela Obra representa apena um flash de nossa história, da vida de cada um de nós desde que fomos gerados por DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, à SUA imagem e perfeição como seres puros, limpos e perfeitos no MUNDO RACIONAL, até a nossa condição atual de seres degenerados, degradados, poluídos e materializados em um mundo de igual imperfeição.

Caso tenha interesse, sugerimos que entre em contato  através do site a seguir para se informar como e onde adquirir o seu primeiro volume de “Universo em Desencanto”:

http://www.universoemsencanto.com.br

Portanto, caro Leitor, não perca mais tempo e não perca a oportunidade de se conhecer e retornar para a sua verdadeira Origem, lendo, relendo e aprendendo tudo que o conteúdo dessa magnânima Obra de Cultura Racional “Universo em Desencanto” ensina: que os extraterrenos somos nós mesmos!

Saudações Racionais!

 

(*)  Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2018/09/09/rational-moment-94/

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para MOMENTO RACIONAL 94

  1. Mary Sana disse:

    Maravilhosa Lição Racional, clareando a importância da primeira oportunidade que teve a humanidade de retorno ao MUNDO RACIONAL, através do mapa astrológico que todos traziam nas palmas das mãos.
    A Cultura Racional, dos Livros “Universo em Desencanto” de forma magistral, tamanha a sua simplicidade, atinge surpreendentemente a todos os níveis socioculturais, trazendo em seu bojo o CONHECIMENTO que tem envergadura TRANSCENDENTAL.
    Portanto, o texto acima é uma demonstração de que todo aquele que se propõe a estudar tão GRANDIOSA CULTURA, sacia de vez sua sede de sabedoria, por detalhadamente e minuciosamente encontrar um GUIA LITERÁRIO, acima de todo o saber que humanamente tivemos acesso até os nossos dias.
    Parabéns Gilberto, pela providencial publicação, com acréscimos brilhantes de Propaganda Racional!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gilberto Mauricio de Rezende Carnasciali disse:

    GRATO MARY. PRETENDO EXPLORAR MAIS ESSE ÂNGULO AO ABORDAR A ESCRITURAÇÃO RACIONAL. TRADUZIREI TAMBÉM SEU COMENTÁRIO PARA SER INSERIDO NO TEXTO EM INGLÊS.
    SALVE!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s