RACIOCINAR, SIM! PENSAR, NUNCA MAIS!

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdZzNORWJ2MVdhbWs  (Clique no link para ouvir o áudio)

download1

Tudo que é dito ou feito pelo ser humano tem que existir antes no seu pensamento e imaginação, para depois, sim, tornar-se pensamento concreto ou realidades aparentes como estas: obras de engenharia, inventos, descobertas, pesquisas, relações e meios de produção, consumo, direitos, deveres, partidos, regimes políticos, sistemas econômicos, artes, filosofias, religiões, ciências, técnicas, espiritismo, seitas, doutrinas, dogmas etc.

Aparentes por terem princípio e fim. O verdadeiro natural é eterno.

Então, tudo que fazemos, inventamos e criamos são concretizações e/ou materializações do pensamento.

Esse, por sua vez, não é de nosso domínio e propriedade. Vem de fora e se irradia em nossa cabeça: ou na máquina da imaginação, ou na máquina do pensamento.

Energias exteriores a nós, irradiando sobre nós. A  elétrica, na nossa máquina do pensamento; e a magnética na nossa máquina da imaginação.

Construir casas, foguetes e aviões, bombas, naves interplanetárias, reatores nucleares, usinas; elaborar uma constituição, combater a fome ou o desemprego, pagar ou não pagar uma dívida, executar, ou não executar uma reforma; violências, assaltos, estupros, crimes, vícios, drogas, etc., resumem-se em projeções das energias elétrica e magnética na cabeça humana, constituindo o pensamento – mau ou bom (aparente).

Do mesmo modo, as situações aflitivas, emocionais, espirituais, psicológicas, sentimentais, morais;  os impulsos de amor, de paixão, de ódio, de vingança etc. são consequências das irradiações das energias elétrica e magnética como acima explicado, constituindo tudo isso: PENSAMENTO! 

O pensamento antecede qualquer ação. Primeiro pensa, depois faz.

A ação, nessa configuração materialista eletromagnética em que vivemos, é o efeito da causa “pensar”. Pensa ou imagina, procurando a solução de alguma coisa, porque não sabe. Se soubesse a solução, não pensaria nem imaginaria e, sim, agiria.

Mas, o ser humano, por não se conhecer e muito menos o mundo em que vive, não sabe o que faz, o que diz, nem o que pensa.

E como desconhecedor de tudo, por estar fora do seu mundo verdadeiro, fica limitado aos pensamentos que lhe chegam à cabeça, que acha que são de sua propriedade, mas, não são.

E, por desconhecer também quem é o pensamento e as leis naturais que regem o universo para organização da vida de todos os seres, vai experimentando e aventurando, de acordo com os pensamentos que recebe, sem ter certeza se são bons ou maus.

Essa a causa dos acertos e desacertos, havendo mais desacertos que acertos. 

Por isso, pensar e imaginar é sofrer. Pensar e imaginar é desperdício de energia vital,  em ações que deram em nada.  Então, pensar e imaginar é morrer dia a dia. 

Os males que nos afligem são consequências do pensamento e da imaginação. Ninguém nunca encontrou e nem encontra a solução definitiva para os males da vida, através do pensamento e da imaginação.

Por quê? 

Ora, pelo simples fato de que o pensamento e a imaginação nunca foram e continuam não sendo a solução definitiva para coisa alguma, porque, eles não foram feitos para acertar, mas, sim, apenas para lapidar os pensadores, preparando os pensadores para a Fase Superior da Civilização, a qual há muito já estamos vivendo, a Fase Racional.

A primeira fase a terminar foi a da imaginação. E em seguida, o término da fase do pensamento em 1935. Ambas fases preparatórias para ingresso na Fase Racional.

Então, entrou em falência o pensamento, entrando também em falência os pensadores, por o pensamento não ser mais alimentado pela Natureza, já que a fase da Natureza agora é RACIONAL, para desenvolvimento da máquina principal da nossa cabeça: a máquina do RACIOCÍNIO.

E o pensamento, da falência, à liquidação, sendo essa a causa do desequilíbrio moral, físico e financeiro da humanidade.

Tudo e todos falindo. Tudo e todos em liquidação generalizada.

E para que tudo e todos se equilibrem, evitando a destruição mundial, é preciso que todos se integrem à Fase Racional, através dos livros Universo em Desencanto, de cultura transcendental: a Cultura Racional, que é a cultura natural da Natureza.

Os conhecimentos adquiridos nessa cultura SUPERIOR, baseados nas leis naturais universais, mudam o comportamento dos leitores para um viver em harmonia com essas leis da natureza, passando cada qual a usufruir de benefícios cósmicos e extra cósmicos ímpares (dantes desconhecidos).

Esse comportamento equilibradíssimo, imuniza os viventes da falência e liquidação, através das orientações que passam a receber da Natureza, de forma tão natural como o respirar – a pessoa não sente que está sendo orientada.

Tudo isso pela cobertura e proteção que o leitor passa a ter da energia do livro, a ENERGIA RACIONAL, desde que sua leitura seja diária.

A ENERGIA RACIONAL vai, através da leitura, tomando conta muito naturalmente da pessoa, fazendo entrar em função, pouco a pouco, a ENERGIA RACIONAL (RACIOCÍNIO) que todos temos materializada em nossa Glândula Pineal no istmo do mesencéfalo.

Esse é o processo do desenvolvimento do RACIOCÍNIO, feito somente através da ENERGIA RACIONAL, transcendental, transcodificada em letras nos livros UNIVERSO EM DESENCANTO.

Por a ENERGIA RACIONAL,que está materializada em nossa glândula pineal, pertencer ao MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL, de onde somos originários, ao passar a funcionar, essa energia nos liga, em vida, ao MUNDO RACIONAL, cuja cultura é a RACIONAL,  e não a animal que adotamos, onde ninguém se irmana.

E por não ser uma cultura do pensamento (animal) é que a Cultura Racional não tem seita, nem doutrina, nem filosofia, nem ciência, nem religião, enfim, não se enquadra em nenhuma instituição, desvendando todos os mistérios, fenômenos, finitos e transfinitos. É o verdadeiro natural que nunca conhecemos. Vem do nosso antes de ser o que somos.

E por ser RACIONAL, une todos, porque o RACIOCÍNIO é UM só em todas as cabeças. Muito diferente do pensamento, que é diferente de cabeça para cabeça, mantendo a desunião de tudo e de todos.

Esclarecendo ainda: Cultura Racional não requer jejum, regime alimentar, rezas, fé, credos religiosos, gurus, líderes, templos de espécie alguma, reuniões etc., porque não interfere no livre arbítrio das pessoas, por ser superior a tudo isso, a todas às instituições e costumes. SUPERIOR significa: ser harmonizado com tudo e com todos, não sendo contra nada nem ninguém.

É um Curso Superior Natural Transcendental, feito em seu próprio lar, ou onde estiver, através do estudo meticuloso e atento dos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.

Sendo, portanto, o Conhecimento Natural da Natureza para quem deseja voltar ao seu Verdadeiro Mundo de Origem, que é o MUNDO RACIONAL e, ao mesmo tempo, readquirir o seu equilíbrio moral, físico e financeiro, e o prolongamento dos seus anos de vida.

Por isso, Cultura Racional não é contra ninguém, não ofende, não humilha, ao contrário, é em favor de tudo e de todos, indistintamente, respeitando o livre arbítrio de cada qual. 

Cultura Racional veio, para ficar no lugar do pensamento e da imaginação, que criaram esta cultura artificial e materialista que está destruindo a humanidade, jogando uns contra os outros e destruindo uns aos outros.

E se o pensamento e a imaginação assim fizeram, promovendo a divisão ao invés da união, é porque a missão do pensamento e da imaginação é essa: lapidar os seres humanos.

Portanto, tendo essa função do pensamento terminado com a entrada da Fase Racional , o pensamento  não resolve mais nada, estando seus recursos todos esgotados. Faliu e está em total liquidação, liquidando todos os seus feitos, até os seres humanos.

O pensamento de todos está enfraquecendo até secar. Quando seca, a pessoa passa a ser um robô das trevas, cometendo monstruosidades – olha aí os casos relatados pela mídia mundial!

Casos de estarrecer pelos requintes de maldade, que têm assombrado o mundo, acontecendo em todas as camadas sociais.

Conclusão: quem não desenvolver o raciocínio está perdido, com o futuro comprometido, pois, sabe que o seu pensamento, mais cedo, ou mais tarde vai secar. E depois de seco, a pessoa perde sua identidade RACIONAL, vira bicho puro.

Mesmo quando o pensamento funcionava, a humanidade nunca deixou de sofrer, porque o pensamento não foi feito para acertar, caso contrário, pelos anos decorridos, era para o mundo já estar equilibradíssimo – a gente só vê o contrário. 

Então, sejamos sensatos: agora, que a Natureza já colocou fim na função “pensamento” é que ele vai acertar? Claro que não, porque essa fase do pensamento é massa falida!

Portanto, a solução de todos os nossos problemas, dos nossos negócios e de nossas vidas só é encontrada no desenvolvimento do nosso raciocínio, que é o maior potencial do ser humano, por ser o nosso elo com a eternidade – ponto vital da vida eterna.

Concluindo: RACIOCINAR, sim! PENSAR, nunca mais! 

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s