UM ESCLARECIMENTO PARA A COMPREENSÃO DA COSMOGONIA RACIONAL

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdR1RfdThieVJJWkk  (Clique no link para ouvir o áudio)

download1

(Porfirio J. Neves)

Antes, um esclarecimento a respeito deste que vos fala, atendendo a algumas críticas positivas, que me alertaram para o nível dos assuntos aqui tratados e do pouco tempo dedicado a detalhes que poderiam enriquecer mais o assunto. Na medida do possível, vamos atender estas críticas que julgo procedentes e válidas. Temos toda uma eternidade pela frente, afinal de contas, embora eu não seja muito adepto de novelas, mas vamos dividir este assunto em várias etapas.

Então, este tema de Cosmogonia, certamente será desenvolvido em três partes, pelo menos. Antevendo que assim pretendo esclarecer que o Mundo em que vivemos é um Cosmo Inferior e que acima deste Cosmo Inferior existem dois outros cosmos: o Cosmo Superior e o Super Cosmo. E ainda temos o ALÉM COSMO que é o MUNDO RACIONAL, o Mundo de onde tudo e todos saíram por vontade própria para criar toda esta situação.

Resumindo: estudo da formação de três mundos, entendendo que são quatro os mundos habitados.

Na qualidade de estudante de Cultura Racional atento ao que leio e atento ao que ouvi pessoalmente do autor deste livro, é meu dever buscar me esclarecer e procurar esclarecer aos demais dentro de um contexto transitório, já que tudo é passageiro. Hoje é de um jeito, amanhã já mudou, é de outro jeito. E, nem sempre se consegue real correspondência com todas as formas diferentes de falar e entender.

Tenho certeza que em breve toda a humanidade estará falando uma só linguagem com um só entendimento, RACIONAL, pela simples razão de que tudo é RACIONAL. A base de tudo é RACIONAL e a lógica de tudo é RACIONAL. Essa é a linguagem! Estamos aprendendo!

A crença de que um Deus todo poderoso seja o Criador do mundo, criador do céu e da terra, como assim muitos crêem, criador do homem e da mulher e isso tudo a partir de que nada existia antes, essa crença manteve no atraso todas as mentes pensantes deste planeta. Não sou contra a crença de forma alguma, mas também não posso me deixar dominar pelo atraso. Afirmo apenas com base e com lógica, que a crença é do inconsciente. A crença é do inconsciente de si mesmo e de Deus.

Os inconscientes crêem, pois se fossem conscientes não precisariam crer, seriam conscientes. Essa é a lógica que se confirma no próprio “texto sagrado” daqueles que crêem: -“conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Esse é o atestado de que ninguém era consciente quando esta PALAVRA foi entregue ao Homem. Por isso, todos ficaram na crença aguardando a devida conscientização.

Está chegando! A Fase da Humanidade agora é Racional! E o Conhecimento provisório que aqui está já é suficiente para o desenvolvimento do Raciocínio, mas o que é provisório não se justifica como realidade. É preciso avançar mais até atingir a parte consciente e finalmente a parte fundamental do Conhecimento. Mas o avanço, agora nesta nova fase, somente pelo desenvolvimento do Raciocínio.

Assim, apresento a seguir algumas observações e ilustrações no sentido de garantir uma fiel interpretação do que se pretende esclarecer e, na melhor das hipóteses, não provocar nenhuma confusão a respeito do assunto de Cosmogonia que está revelado no livro Universo em Desencanto, com base e com lógica, que pode ser provado e comprovado nos mínimos detalhes.

“Vigiai vossas idéias e vejam como errôneas todas elas são”. Esta frase serve de alerta aos inconscientes. O grande problema do nosso entendimento é que todo inconsciente se julga consciente e somente os outros são inconscientes, coisa de maluco. Já viu maluco dizer que é maluco?

Daí, o pior grau da inconsciência está no fato de se achar consciente. Todo o maluco sempre tem a forma certa de acertar tudo e todos e todas as soluções. Eis a loucura que vai pelo mundo afora. Mas podemos ter um grau intermediário de entendimento que é o fato de estar ciente. Ainda não é consciente, mas já está ciente, ou cientificado disso ou daquilo.

(*O-01: Rosário da vida) “Os que têm a felicidade de conhecer agora o que estão conhecendo, tratem imediatamente de ler com persistência, repetidas vezes, todos os trechos, todas as lições, para terem em si mesmo todas as bases, serem bem esclarecidos e poderem esclarecer aos demais”. O entendimento deste trecho do Livro é base da existência deste programa de rádio e de todas as iniciativas e ações de divulgação da Cultura Racional. A base que vem de cima!

Com todos estes alertas comecemos nosso tema de Cosmo Gêneses pela parte introdutória do livro Universo em Desencanto que apresenta o seguinte trecho.

(*O-01: Introdução) “Então, Nós, do Astral Superior, viemos aqui guiar todos, esclarecer a todos esses mistérios, desencantar todos, provar o porquê de todas essas confusões, e comprovar o porquê de tudo e por tudo”. Atentem ao detalhe: “Nós, do Astral Superior, viemos aqui guiar todos…” Nós, quem? Qual Astral Superior se refere o Autor? Vieram? Se vieram Eles não estavam aqui! Se Eles não estavam aqui, quem estava, então? O Astral Inferior! Percebam assim estes dois Cosmos habitados. “Nós” do Astral Superior e “Nós” do Astral Inferior.

Ora, se fosse o Astral Superior que muitos se diziam e ainda se dizem conhecedores, então este Livro não teria nada além daquilo que se dizia conhecer em termos de espiritualidade. Nada mais seria acrescentado e isto tudo seria apenas uma forma, mais ou menos inteligente, de apresentar mais uma verdade como as demais que nós nos achávamos conhecedores.

As pessoas sérias com a vida, de um modo geral, quando percebem em si um pouquinho de sua própria inconsciência tornam-se descrentes por natureza. Somente os inconscientes continuam crendo e se achando protegidos pela sua crença até que um “golpe fatal” traga a desilusão e acabe todo esse atraso. A saída deste quadro de inconsciência é a informação e a educação real, é a revelação da Verdade das verdades por uma Força Universal Inteligente, é o Desencanto universal.

“Nós do Astral Superior” significa, em primeiro lugar, que nunca estivemos sozinhos neste Universo. Aí eu posso me reportar ao texto bíblico em que uma citação semelhante (não igual) diz: “Eis que o Homem se tornou um de Nós”, isto em virtude do Homem ter provado do fruto da Árvore do Conhecimento do bem e do mal e passou a viver de experiências, orientado pelo Espiritismo. Mas era o Curso primário, Cosmos Inferior, ou Astral Inferior, experimentando entre o bem e o mal.

As pessoas que apenas crêem e não buscam clarear suas mentes se sentem contraditórias com este tipo de texto, pois o que crêem é que existe um “Senhor Barbudo Acima das Nuvens” criando tudo e tomando conta de tudo. E os iniciantes da Cultura Racional, ainda presos a este conceito ou paradigma, continuam achando a mesma coisa, apenas transferindo o fato para um “Plano Superior” ou Planície Racional.

E aí é que precisa da concepção de um Super Cosmo, o Mundo Racional, acima do cosmo superior!

Estão atentos ao texto que aqui se desenvolve? Estamos cientes que o Astral Superior é o Cosmo mediador entre dois Cosmos, logo o Astral Superior, na qualidade de mediador, é o terceiro Cosmo a ser formado. Claro? Terceiro cosmo a ser formado. Vejam a lógica disto.

Só aparece o mediador quando existem dois, essa é a lógica: o primeiro Cosmo a ser formado é o Super Cosmo, o Mundo Racional. O segundo Cosmo é o Cosmo Inferior ou Astral Inferior e o terceiro Cosmo a ser formado é o Astral Superior, repito, na qualidade de mediador. Hierarquia Racional e hierarquia da formação Racional são coisas distintas.

Assim, começamos a perceber que existe um Ser Superior sim, mas o Ser Superior pode ser um conjunto de individualidades – ou agentes criadores que estão expressos na palavra “NÓS”. Aí encontramos o CRIADOR, o DEUS CRIADOR de todas as coisas: “NÓS”! Mas existe também o Ser Superior que é a autêntica individualidade original, quer dizer, o agente que origina tudo, “EU” – o “EU” que ninguém era capaz de definir, até chegar esta instrução da Cultura Racional.

Então, quando se apresenta a Cultura Racional como sendo a Cultura do Cosmo na Terra, refere-se assim que é o Conhecimento do primeiro Cosmo, do Super Cosmo Racional, trazido pelo Cosmo Mediador, o Astral Superior, para o Cosmo Inferior, ou Astral Inferior.

Assim, o primeiro Cosmo a ser formado é o Mundo Racional, mas não se esqueçam que existe o além Cosmo de onde todos saíram e para onde todos vão voltar.

Antes de ser cosmo, o Mundo Racional, que é a base de tudo de onde todos saíram, é outro tipo de formação que somente poderemos conhecer quando estivermos de volta, como assim nos confirma o Racional Superior, de onde saímos, no primeiro volume na mensagem intitulada “Os Fluidos”

“O carbonário, que é a origem de vocês, é uma vida diferente, inferior ao fluido que é superior a vocês, que são as conseqüências dos fluidos. A sombra é o efeito do corpo visível. O corpo é a sombra do fluido. O fluido é a sombra e o efeito dos seres orgânicos. Os seres orgânicos são a sombra do antes do ser. O antes do ser é a sombra daquilo que eram. A sombra daquilo que eram é a sombra daquilo que foram. A sombra daquilo que foram é a sombra de onde saíram. E a sombra de onde saíram é dos corpos puros e limpos, sem defeitos”.

Então, temos o corpo visível, os fluidos e os seres orgânicos no contexto do Cosmo Inferior, ou Astral Inferior. Os seres orgânicos são as sete partes do por que assim somos: Sol, Lua, Estrelas, Água, Terra, Animais e Vegetais. Estas sete partes descrevem o Cosmo Inferior, que é onde todas as energias estão transformadas em seres.

Está no antes do ser a compreensão do que é o Cosmo Superior e o Super Cosmo Racional, o que eram e o que foram, com sete partes em cada Cosmo, como sendo sombras de onde saíram que é o ALÉM COSMO. Desta forma, 21 partes do porquê assim somos, em três Cosmos formados. O Mundo Racional, de onde todos saíram, podemos entender que não se trata de um mundo cósmico nem super cósmico, é extra cósmico, além Cosmos.

O Racional Superior nos informa que foram formados três mundos após saírem de onde tudo e todos saíram: o Racional que começou a se degenerar, o Astral Superior e o Astral Inferior. Portanto, ficaram quatro mundos habitados!

Esta é uma visão que começa a desenvolver o Raciocínio com base e com lógica através da leitura atenta do Livro Universo em Desencanto no sentido de fazer retornar tudo e todos ao seu verdadeiro estado natural. “E por que saíram para essa derrota? Saíram por vontade própria e as conseqüências são essas que aí estão: todos sofrendo sem saber como e porque tiveram essa derrota. Então não sabiam que iam se dar mal? Sabiam! Mas quiseram por vontade própria progredir”.

No livro Universo em Desencanto está a revelação das razões e motivos verdadeiros de todo o histórico da verdadeira origem da humanidade, mas para entendermos estas razões e estes motivos, precisamos desenvolver o Raciocínio, ou seja, desencantar. Sair desta forma inconsciente de ser e, pelo conhecimento, repito, não mais pela crença, nos libertarmos da dor e do sofrimento.

E você, que já passou a se conhecer, para que insistir no progresso inconsciente no progresso do encanto? Conhecer e trabalhar no progresso do desencanto, a união faz a força, acaba com o sofrimento e o pranto e acaba com a morte, porque o progresso do desencanto é sair destes três Cosmos degenerados e deformados e voltar à Eternidade. Tudo isso, na leitura atenta, no estudar o livro Universo em Desencanto.

   

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para UM ESCLARECIMENTO PARA A COMPREENSÃO DA COSMOGONIA RACIONAL

  1. Salve, professor Porfírio!
    Grande texto! Completo, dentro do que realmente devemos nos
    exercitar, que é a compreensão do que está nas entrelinhas do
    conhecimento Racional. Acho mesmo que tudo se completa dentro
    das evoluções desta degeneração racional, assim como obedecemos
    uma hierarquia na descida, também teremos que seguir o mesmo
    conceito na subida.
    Um grande abraço fraterno!

    Curtir

  2. Passei dei uma olhada bom!

    Curtir

  3. Manuel Ferreira disse:

    Salve Nagea!
    Muito bom e esclarecedor este texto do Prf. Porfirio sobre a estrotura Racional do Universo.
    Estamos todos muito gratos.
    Um abraço fraterno.

    Curtir

  4. nalub7 disse:

    Salve, Manuel! Honrados com sua presença! Realmente ficamos muito gratos ao Prof. Porfírio por essa brilhante explicação de conteúdos de Universo em Desencanto sobre a estrutura Racional do Universo. Para ver quanto temos que evoluir em comportamento para ter créditos suficientes para corresponder a todas essas grandezas. E ainda tem gente sonhando com a matéria, desconhecendo tudo isso que temos que alcançar para, finalmente, concluirmos nosso desenvolvimento e nos completarmos de acordo com a UNIDADE: DEUS!
    Gratíssimos e nosso fraternal abraço!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s