A VERDADEIRA FELIZ PÁSCOA

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdVnJNZjJyeER5bHM  (Clique no link para ouvir o áudio)

download1

O que realmente significa Páscoa?

Consultando a Wikipédia, dentre várias referências encontramos o que segue.

Páscoa (do hebraico Pessach, significando passagem através do grego Πάσχα) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da Cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação (ver Sexta-Feira Santa) que teria ocorrido nesta época do ano em 30 ou 33 da Era Comum. A Páscoa pode cair em uma data, entre 22 de março e 25 de abril. O termo pode referir-se também ao período do ano canônico que dura cerca de dois meses, desde o domingo de Páscoa até ao Pentecostes.

Tradições pagãs na Páscoa

Na Páscoa, é comum a prática de pintar ovos cozidos, decorando-os com desenhos e formas abstratas. Em grande parte dos países ainda é um costume comum, embora que em outros, os ovos tenham sido substítuidos por ovos de chocolate. No entanto, o costume não é citado na Bíblia. Portanto, este costume é uma alusão a antigos rituais pagãos. Ishtar ou Astarte é a deusa da fertilidade e do renascimento na mitologia anglo-saxã, na mitologia nórdica e mitologia germânica. A primavera, lebres e ovos pintados com runas eram os símbolos da fertilidade e renovação a ela associados. A lebre (e não o coelho) era seu símbolo. Suas sacerdotisas eram ditas capazes de prever o futuro observando as entranhas de uma lebre sacrificada(claro que a versão “coelhinho da páscoa, que trazes pra mim?” é bem mais comercialmente interessante do que “Lebre de Eostre, o que suas entranhas trazem de sorte para mim?”, que é a versão original desta rima. A lebre de Eostre pode ser vista na Lua cheia e, portanto, era naturalmente associada à Lua e às deusas lunares da fertilidade. De seus cultos pagãos originou-se a Páscoa (Easter, em inglês e Ostern em alemão), que foi absorvida e misturada pelas comemorações judaico-cristãs. Os antigos povos nórdicos comemoravam o festival de Eostre no dia 30 de Março. Eostre ou Ostera (no alemão mais antigo) significa “a Deusa da Aurora” (ou, novamente, o planeta Vênus). É uma deusa anglo-saxã, teutônica, da Primavera, da Ressurreição e do Renascimento. Ela deu nome ao Shabbat Pagão, que celebra o renascimento chamado de Ostara.

 

Pelo exposto, concluímos duas coisas realmente importantes e que podemos resumir assim: PÁSCOA é RESSURREIÇÃO e as práticas comemorativas da PÁSCOA estão tomadas por algumas práticas pagãs.

E por quê tratamos deste assunto aqui no “RACIOCINAR SEMPRE! PENSAR, NUNCA!”?

Para que prestemos atenção no sentido da ressurreição. Pois, há milhões de milênios que estamos nascendo e morrendo, nascendo e morrendo, nascendo e morrendo e sendo sempre os mesmos aqui a nascer e morrer, ou seja, sempre dentro do mesmo plano material – e não sabíamos como conseguir essa ressurreição, a qual se alguém já de posse dela estivesse, estaria já completamente ligado em vida ao PAI SUPREMO, comunicando-se com ELE, completamente imunizado das influências negativas visíveis e invisíveis deste mundo em que vivemos. E estando em contato com ELE e ELE sendo poder dos poderes, sabedoria das sabedorias, bondade extrema, já teria dado ao imunizado a solução de todos os problemas do mundo – aí estaria constatada e comprovada a verdadeira ressurreição.

Mas, o mundo continua de pior a pior, por falta de um imunizado entre nós, mas, não por falta do conhecimento de como se obter a verdadeira ressurreição, que é a ligação EM VIDA, olha que é EM VIDA, ao MUNDO SUPREMO, raiz mestra fecundadora de todo o universo, o MUNDO RACIONAL ou seja, puro, limpo e perfeito)

Este conhecimento está contido na própria Natureza, em sua parte sublime e sutil, a essência, a ENERGIA RACIONAL. E a Natureza entrou em evolução através dessa ENERGIA desde 1935. E todo esse CONHECIMENTO encontra-se condensado nos livros de cultura natural da Natureza,  Universo em Desencanto, que condensam a Cultura Racional.

Todos precisam e necessitam tomar conhecimento dessa cultura de cosmologia e cosmogonia verdadeiras, por nos ter sido revelada por um mundo superior desconhecido da humanidade, e que é a origem de tudo e de todos – o MUNDO RACIONAL. E sendo uma revelação da ORIGEM,  é a VERDADE que vem complementar todas as verdades que estavam por ser completadas e que, assim completadas,  pela Cultura Racional, todas se igualam, favorecendo a união e a ressurreição de todos os povos, ou seja, a ligação de todos, EM VIDA, à ORIGEM VERDADEIRA: DEUS.

Vamos dar atenção ao MUNDO SUPREMO e estudar com atenção o que estão nos revelando, para que possamos ter realmente, num futuro próximo, uma VERDADEIRA FELIZ PÁSCOA. Leiam os Livros Universo em Desencanto.

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para A VERDADEIRA FELIZ PÁSCOA

  1. zilma disse:

    …não sabíamos como conseguir essa ressurreição, a qual se alguém
    já de posse dela estivesse, estaria já completamente ligado em vida ao
    PAI SUPREMO, comunicando-se com ELE, completamente imunizado
    das influências negativas visíveis e invisíveis deste mundo em que vivemos.
    E estando em contato com ELE e ELE sendo poder dos poderes, sabedoria
    das sabedorias, bondade extrema, já teria dado ao imunizado a solução de
    todos os problemas do mundo – aí estaria constatada e comprovada a
    verdadeira ressurreição.

    Gostei muito, pois esta é realmente uma FELIZ PASCÓA.

    Curtir

    • nalub7 disse:

      Sim, Zilma, essa é a verdadeira Páscoa, para a qual nós já estamos há algum tempo sendo preparados pelo RACIONAL SUPERIOR, através dos Livros Universo em Desencanto. Gratíssima e um abraço fraternal!

      Curtir

  2. Salve, minha irmã Racional!
    Concordo completamente com seu texto, amiga!
    Essas tradições, muitas das vezes, por completo
    desinteresse em saberem suas origens, fazem parte
    do nosso calendário, até mesmo por interesses puramente
    mercantilistas. Por isso mesmo, gostei quando você disse:
    “Vamos dar atenção ao MUNDO SUPREMO e estudar com
    atenção o que estão nos revelando, para que possamos ter,
    realmente, num futuro próximo, uma VERDADEIRA FELIZ
    PÁSCOA.
    Um grande abraço fraterno!

    Curtir

    • nalub7 disse:

      Salve, Wellington!
      Pois é, um mundo de tanta tecnologia, tanto avanço, mas, somente material, pois, a maioria ainda conserva lendas das épocas mais atrasadas, alegorias, fantasias, mas, como disse muito bem você, tudo por interesse comercial. Resumo: não existe real desenvolvimento do povo. Vergonhosamente o progresso foi o da ambição e o da ganância – e isso é, infelizmente, constatado em todos os cantos do mundo, mantendo um atraso que tem sido causa de monstruosidades.
      As pessoas estão muito magnetizadas, encantadas com a matéria. O magnetismo cega e a pessoa não consegue enxergar e muito menos entender o que a gente fala. E cada dia o magnetismo toma mais conta dessas pessoas. É muito triste.
      E a única coisa que podemos fazer é o que estamos fazendo: divulgando a Cultura Racional em logradouros, na internet , em emissoras de rádio, em emissoras de televisão, em jornais, revistas e outros periódicos.
      Mas, a vontade é livre. A gente vê o semelhante da gente sofrer e não pode fazer mais nada, além do que já fazemos, porque não podemos interferir na vida de ninguém, a vontade é livre.
      E assim vamos nós, Mano, pois, onde há um trabalho de flor há correspondente colheita de amor!
      Gratíssima e grande abraço!

      Curtir

  3. Manuel Ferreira disse:

    Salve Nágea!
    Muito interessante este texto sobre a Páscoa, gostei muito deste esclarecimento,
    obrigada mana.
    Me conta também, (se me premite um comentário), que a Páscoa acontesse 45 dias depois do carnaval a festa pagã.
    Muito grato por tudo, um forte abraço fraterno.
    Manuel Ferreira
    Portugal

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s