SEM HUMILDADE NÃO HÁ RACIOCÍNIO

SEM HUMILDADE NÃO HÁ RACIOCÍNIO

https://drive.google.com/open?id=1vgKbOQT_UCP4hb3MGQSx9LPzsw6I2sIC

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1

Este mundo em que vivemos, fomos nós os seus causadores.

Era antes uma pequena parte da eternidade, que ainda estava em formação.

E nossa entrada nela, provocou sua transformação da pureza para a impureza, da limpeza para a poluição e da perfeição para a imperfeição, hoje constituindo este mundo em que vivemos e ao qual nos apegamos como real, porque pelas transformações que também sofremos, perdemos a consciência divina anterior, passando a nos sentir donos deste mundo fora do seu natural, numa arrogância sem limites, que nos é cobrada a cada dia, por essa Natureza deformada, através de sofrimentos constantes, que só terão fim, quando essa arrogância terminar.

O terminar da arrogância é o desapego de tudo e de todos neste segundo mundo, do qual somos causadores.

Aí brota a humildade, com o reconhecimento do mal que fizemos àquela pequena parte da eternidade e a nós mesmos.

É quando então nasce o desprendimento de tudo e de todos que nos fazem pensar e imaginar, e a gente começa a raciocinar, até o desprendimento total e absoluto, culminando na imunidade completa de tudo e de todos deste segundo mundo, e alcançamos, assim, o raciocínio completo e absoluto, retornando naturalmente ao Primeiro Mundo, de onde nunca deveríamos ter saído.

Portanto, é verídico se concluir que desenvolver o raciocínio é desenvolver a humildade de se desprender de tudo a que demos causa com nossa imprudência, desobedecendo ao SUPREMO DO MUNDO RACIONAL que, por incontáveis vezes, nos advertiu para naquela pequena parte da eternidade não adentrarmos.

Finalizando, fica bem claro para quem quer que seja, que para a humanidade só restam agora duas opções: a independência pelo desenvolvimento do raciocínio ou a morte, que é a sua separação do único elo com o Mundo dos Eternos, que é o nosso raciocínio.

Confiram tudo isso para se redimirem e se salvarem, nos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto, que é a derradeira advertência Divina para quem quiser evitar o abismo dos abismos.

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Não categorizado, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para SEM HUMILDADE NÃO HÁ RACIOCÍNIO

  1. Mary Sana disse:

    Belo texto!
    A simplicidade da VERDADE, pressupõe HUMILDADE, virtude adquirida através do amadurecimento, que ajuda o vivente a não se enganar pela visão superficial das coisas.
    A vida material é envolvente, embriaga, porque é recheada de belezas temporárias, que pode ser comparada à uma bela CAIXA DE PRESENTE, que quando aberta, vazio está o seu interior.
    RACIOCINAR é preciso, para que tenhamos discernimento e a partir dele, a HUMILDADE de reconhecer a insignificante vida material: ilusória, provisória e coberta de dores.
    “Universo em Desencanto” é o LIVRO, que nos ensina a radiografar a vida, ENXERGANDO além das aparências ludibriadoras!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s