EQUILÍBRIO MORAL, FÍSICO E FINANCEIRO RACIONALMENTE!

Equilíbrio moral, físico e financeiro Racionalmente

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdYUlxUFZ6ME5kSlk  (Clique no link para ouvir o áudio)

BAIXAR AUDIO

Amigos, SALVE!

 

A palavra equilíbrio tem uma origem bem concreta, como é aliás apanágio de uma palavra de origem latina. Remonta ao latim ‘aequilibrium’, palavra composta pelo adjectivo ‘aequus’, «igual» (cf.equitativo) e ‘libra’, «balança». O étimo latino significa, pois, «nível igual das balanças» (ver Dicionário Eletrônico Houaiss Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado).”

Quem já começou a ler ou estudar Cultura Racional, sabe perfeitamente que a balança representa as duas forças regentes do universo em que habitamos; sendo a elétrica a responsável pela função do bem aparente e a magnética a responsável pela função do mal.

Bem aparente pelo fato de não ter força para eliminar o mal, caso contrário o mal não existiria, sendo, portanto, esse bem: aparente, um bem ilusório, e por ser ilusório, de fato não existe.

E assim, chegamos à conclusão de que habitamos no Reinado do Mal. Mas, como não há efeito sem causa, nem causa sem origem, nem origem sem base, procuremos entender esse bem aparente e esse mal, essas duas forças: elétrica e magnética.

Primeiramente vamos constatar em todo o universo que essas energias, uma depende da outra. Por quê?

Na Cultura Racional encontramos a resposta que está na causa dessas duas energias: era uma só ENERGIA RACIONAL que se transformou em duas.

E qual a origem dessa transformação?

Novamente nos esclarece a Cultura Racional: a ENERGIA RACIONAL em progresso de pureza, que adentrou e começou a progredir numa parte do MUNDO RACIONAL, onde a ENERGIA RACIONAL ainda não estava pronta para o progresso de pureza – estava ainda sendo preparada, estava em formação.

O MUNDO RACIONAL é o mundo transcendental que deu consequência a este segundo mundo em que habitamos, em decorrência do transbordamento do livre arbítrio da ENERGIA RACIONAL em progresso de pureza, ao progredir numa parte em que a ENERGIA RACIONAL estava em formação, sem a base RACIONAL consolidada, o que ocasionou a degeneração dessa ENERGIA RACIONAL (verdadeiramente positiva, mas, que não estava ainda preparada para o progresso) em duas energias inversas, negativas: elétrica e magnética. Daí serem essas duas energias dependentes uma da outra, porque eram UMA SÓ antes da degeneração e deformação.

Essas duas energias, elétrica e magnética passaram a constituir um Segundo Mundo, o mundo em que habitamos, que é o inverso do Primeiro Mundo, o Mundo Transcendental, o Mundo Racional.

O Primeiro Mundo: equilibrado. O Segundo Mundo: desequilibrado.

O Primeiro Mundo: positivo. O Segundo Mundo: negativo.

O Primeiro Mundo: eterno, estável. O Segundo Mundo: transitório, passageiro e, por isso, em transformações constantes.

O Primeiro Mundo: a VERDADE, o mundo verdadeiro. O Segundo Mundo: a mentira, o mundo aparente, o mundo das aparências.

O Primeiro Mundo: a verdadeira vida! O Segundo Mundo: a vida embusteira: a morte!

O Primeiro Mundo: O Reinado do Bem. O segundo Mundo: O Reinado do Mal.

E, assim, sendo este segundo mundo em que habitamos é o Reinado do Mal, e todo equilíbrio nele existente é aparente, passageiro.

Portanto, todos os valores deste Segundo Mundo são aparentes, transitórios, por não terem base consolidada, por serem valores gerados pelas energias elétrica e magnética, que antes de ser o que são, eram uma ENERGIA RACIONAL em formação, sem base consolidada.

Ao ler ou estudar os livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto, ditados pelo Primeiro Mundo aqui no Brasil, é preciso muita atenção para não ter como referência e base os valores criados pelas energias elétrica e magnética, valores esses que há milhões de milênios temos considerado como base para viver, sendo inclusive essa a causa do nosso desequilíbrio e consequente insatisfação.

Esses valores da cultura do Segundo Mundo, pertencem, portanto, ao Reinado do Mal, sendo sua função a lapidação da humanidade. Lapidação é sofrimento. Existindo o bem aparente (elétrico), para nos atrair e nos conduzir ao mal (magnético), para nosso sofrimento. E a nossa vida aqui na Terra sempre foi esse curso primário: só sofrimento!

Mas, que tudo isso foi preciso e necessário, e muito salutar para aprendizado da grande lição: jamais progredir numa parte que não esteja pronta para o progresso. Já que nós, animais Racionais, antes de assim sermos, éramos aquela ENERGIA RACIONAL em progresso de pureza que adentrou na parte do MUNDO RACIONAL, onde a ENERGIA RACIONAL estava ainda em formação. De lá para cá perdemos todas as nossas virtudes e nos materializamos, ficando ligados aos fluidos elétricos e magnéticos, que não são o nosso natural, sendo os causadores de todo o nosso desequilíbrio moral, físico e financeiro.

Portanto, somente teremos equilíbrio em geral, quando nos ligarmos ao fluido do nosso verdadeiro natural, que é o fluido Racional.

Então, quando se fala em equilíbrio moral, físico e financeiro nos livros de Cultura Racional, é preciso ter em conta os valores do Primeiro Mundo, o MUNDO RACIONAL, que são os valores do fluido Racional, e não os valores do Segundo Mundo, que são valores aparentes criados pelos fluidos elétrico e magnético.

Equilíbrio moral Racional, é colocar sempre em primeiríssimo plano os valores do Primeiro Mundo, calcados nas leis naturais da Natureza Racional, mesmo que a pessoa seja prejudicada materialmente e socialmente renegada ou mal interpretada neste Segundo Mundo.

Equilíbrio físico Racional, é jamais permitir que seu aparelho, seu corpo físico, seja instrumento das forças elétricas e magnéticas para prejuízo de tudo e de todos, ou de qualquer que seja.

Equilíbrio financeiro Racional, é jamais dar prioridade às finanças, ao dinheiro, em detrimento da paz, do amor, da fraternidade e da concórdia universal. Sempre, em primeiríssimo lugar: a vida de tudo e de todos Racionalmente, com saúde e sossego.

E esse equilíbrio moral, físico e financeiro só mesmo podemos adquirir depois de possuidores do Conhecimento Racional completo da vida, conhecimento esse que somente iremos adquirir nos livros Universo em Desencanto, porque os demais livros, apesar de terem pontos de verdade, são transmissores dos fluidos elétricos e magnéticos, para lapidação da humanidade e, por isso, não conseguem consolidar a base do verdadeiro equilíbrio racional, por constituírem um conhecimento primário, que nos foi transmitido pelas energias elétrica e magnética, duas energias originadas de uma ENERGIA RACIONAL sem consolidação da base Racional, porque estava ainda em preparação, quando se transformou, se degenerando em elétrica e magnética, se deformando, se poluindo e se enfraquecendo.

Vamos sair deste curso primário da vida? Já não estamos cansados de sofrer? Vamos continuar adotando o que jamais nos deu equilíbrio verdadeiro? Vamos continuar progredindo indevidamente numa parte não consolidada? Vamos parar com esse progresso que somente nos faz regredir e desequilibrar?

Então, mudemos de vida, mudando de cultura, adotando a Cultura do Primeiro Mundo, a Cultura Racional, que nos desliga dos fluídos elétrico e magnético e nos liga ao fluido Racional, para finalmente adquirirmos equilíbrio físico, moral e financeiro RACIONALMENTE!

Vale a pena investir no estudo de CULTURA RACIONAL, dos livros Universo em Desencanto, porque de primarismo e sofrimento estamos cansados, e o que esse primarismo e esse sofrimento nos trouxeram foi um mundo cada vez pior.

Busquem o Conhecimento Racional, Amigos, para o seu próprio bem e o bem de toda a humanidade!

O livro é Universo em Desencanto, de Cultura Racional!

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para EQUILÍBRIO MORAL, FÍSICO E FINANCEIRO RACIONALMENTE!

  1. Irmão Racional disse:

    Salve

    “E esse equilíbrio moral, físico e financeiro só mesmo podemos adquirir depois de possuidores do Conhecimento Racional completo da vida, conhecimento esse que somente iremos adquirir nos livros Universo em Desencanto, porque os demais livros, apesar de terem pontos de verdade, são transmissores dos fluidos elétricos e magnéticos, para lapidação da humanidade e, por isso, não conseguem consolidar a base do verdadeiro equilíbrio racional, por constituírem um conhecimento primário, que nos foi transmitido pelas energias elétrica e magnética, duas energias originadas de uma ENERGIA RACIONAL sem consolidação da base Racional, porque estava ainda em preparação, quando se transformou, se degenerando em elétrica e magnética, se deformando, se poluindo e se enfraquecendo.”
    Leia o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s