OS PRIMÁRIOS DUVIDAM DE TUDO

OS PRIMÁRIOS DUVIDAM DE TUDO

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdbnNCaDNLcHhSV0NZcDF5T092MS15eEhPeU9B  (Clique no link para ouvir o áudio)

download1-1

(CULTURA RACIONAL – 9ª. Mensagem do 201º. Volume do Histórico do RACIONAL SUPERIOR)

 

Envolvidos com as vaidades da vida, jogam para o lado o livro UNIVERSO EM DESENCANTO, por não entenderem uma coisa tão clara para o entendimento de todos. Rudes e atrasados.

Mas depois de saberem o que é a CULTURA RACIONAL os primários percebem o que perderam. Para ver o que é fazer pouco daquilo que não se conhece.

Por terem formação mais elevada, formação acadêmica, formação científica, sendo homens de ciência, não iam perder tempo em ler um livro de linguagem fraca, do povo.

Hoje é que estão entendendo que este Livro foi feito para atingir todas as camadas populares. Não foi feito para uma casta mais elevada. Não foi feito para acadêmicos nem cientistas. Este Livro está feito para o povo, na linguagem do povo, para alcançar todas as classes sociais. Não foi feito para privilegiados.

……..

Quantos acadêmicos e cientistas, por verem um português tão simples, ao alcance de todos, diziam:

“- Ah! Não posso admitir esse Conhecimento, porque não está na minha linguagem. Eu sou um acadêmico, eu sou um cientista de alto nível cultural e só aceito leituras que estejam no meu nível cultural. Eu não aceito a linguagem do povo, porque o povo não sabe se expressar. ”

E assim, muitos se perderam! Para ver, o quanto o saber aparente destrói quem vai pelas aparências.

Quem acompanha a arte acaba nos braços do arteiro, que é o dono das artes.

O que produzem artes? Desastres.

Para ver que o artifício só traz o quê? Malefícios, como aí estão no mundo, todos cheios de sofrimentos. O artifício só produz malefícios, porque o artifício é do mal, e o que é do mal não é natural. O que é do natural é do bem, mas o natural Racional, não o natural aparente. O natural aparente é o natural do artifício, é o natural do mal, porque as artes só produzem desastres.

E hoje, depois que vieram a saber o que é a cultura do desenvolvimento do raciocínio, todos arrependidos dizendo:

“- Agora, é preciso ler esse Livro já, senão estou perdido! Preciso ler logo. Já tenho esse Livro há muito jogado para um canto, porque eu só aceitava leituras que estivessem no meu nível acadêmico, de cientista. Eu não aceitava leituras comuns, do povo, porque a linguagem do povo é uma linguagem simples, e a linguagem simples, para os acadêmicos, é uma linguagem sem expressão.”

Hoje é que estão vendo o quanto perderam com a vaidade de ser um acadêmico, de ser um cientista. Hoje é que estão vendo o quanto a vaidade é traiçoeira, porque se deram conta que a verdadeira verdade está nas coisas mais simples que existem.

A verdade é simples e a verdade é Racional. A verdade está no raciocínio.

Os que passaram a se conhecer, passaram a saber quem é a imaginação, que é o pensamento e quem é o raciocínio. E todos que passaram a se conhecer, dizem:

“- É verdade! Tudo que o pensamento fez e a imaginação, só foi para lapidação dos pensadores e a destruição dos mesmos, pois sofre quem pensa que sabe muito e sofre quem nada sabe. Sabedoria dos sofredores, sabedoria do nada, a sabedoria que termina em nada, por seu uma sabedoria feita pelo pensamento e a imaginação, essas duas máquinas materiais.

Para verem o que é o pensamento. O pensamento é distorcido e, por se distorcido, é contraditório. E por ser contraditório, vivem uns contra os outros. O pensador é confuso e todos que vivem confusos vivem num desequilíbrio infernal que faz com que todos se tornem ferozes, uns contra os outros, destruindo uns aos outros.

Por isso aí está a violência, o terrorismo, as guerras e as monstruosidades, porque o pensamento mantém essa ferocidade. Os pensadores são ferozes a ponto de destruírem uns aos outros como feras bravias. As guerras nunca cessaram e cada vez aumentam mais, porque basta pensar para ser feroz. E por isso, vivem os pensadores destruindo uns aos outros por nada, como aí está, “salve-se quem puder e se puder”.

……..

A união de todos só pode ser feita com o desenvolvimento do raciocínio.  O pensamento divide tudo e todos e joga uns contra os outros, como aí estão as demandas, as guerras e as brigas de uns com outros em todo lugar.

No pensamento está a discórdia e no raciocínio está a concórdia, está a paz, está o amor, está a fraternidade e a concórdia entre os povos, de um por todos e todos por um.

No pensamento a discórdia, por todos pensarem diferente uns dos outros. Cada qual com suas ideias, cada qual com seu idealismo e no idealismo e nas ideias está a discórdia, porque todos pensam diferente uns dos outros. Onde todos pensam diferente não pode haver união, não pode haver concórdia, somente discórdia, porque quem pensa não sabe por que pensa, porque o pensamento vem de fora e o que vem de fora é misterioso para os que vivem sem se conhecer.

Hoje, todos que já passaram a se conhecer estão fazendo de tudo para desenvolver o raciocínio, para saírem desta categoria de bicho Racional e passarem para a classe de Racional. Todos que passaram a se conhecer estão preocupados e desgostosos de estarem nesta categoria de viver como bicho, ferozmente destruindo uns aos outros, como feras bravias. Terrorismo, guerras, esfacelamento e destruição de tudo que todos fizeram com tanto sacrifício, cidades lindas sendo destruídas pela ferocidade dos pensadores.

…..

A evolução certa da natureza é a Fase Racional, a fase do desenvolvimento e do desdobramento do desenvolvimento do raciocínio, que veio para substituir o pensamento e a imaginação.

Por quê? Porque terminou em 1935 a fase do pensamento e entrou na natureza a fase do desenvolvimento do raciocínio, porque a fase do pensamento teve o seu princípio e tinha que ter o seu fim.

 

LEIAM OS LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO DA CULTURA RACIONAL.

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para OS PRIMÁRIOS DUVIDAM DE TUDO

  1. Irmão Racional disse:

    O RACIONAL SUPERIOR, Entidade do MUNDO RACIONAL, de Vida Eterna, um RACIOCÍNIO SUPERIOR a todos os Raciocínios, que ditou os Livros UNIVERSO EM DESENCANTO ao Senhor Manoel Jacintho Coelho, assim o fez em linguagem simples, para beneficiar a todos sem distinção de classe social ou nível cultural, por que o Conhecimento de Salvação da Humanidade é como está dizendo: é para salvar TODA a humanidade, por intermédio do desenvolvimento do Raciocínio.

    Então este conhecimento visa explicar à Humanidade sua origem e como fazer para a Humanidade retornar à condição de vida eterna que foi perdida.

    Lembrando ao ser humano a existência e constituição de uma Terceira Energia, a Energia Racional, por que até então as outras duas em evidência, as energias elétrica e magnética, atingiram o seu auge de desenvolvimento quando o estado de Civilização se deu.

    E, logicamente, a Terceira Energia seria apresentada à Humanidade dentro das características dela, qual sejam, de simplicidade, concórdia e união, fora dos parâmetros estabelecidos nas tábuas de valores das energias elétrica e magnética onde títulos e condecorações, usualmente, se pautam.

    O olhar que a Energia Racional nos dota é o olhar da eternidade, onde os seres se distinguem apenas por serem uns mais puros do que os outros, porém todos são puros em essência.

    Para tanto, toda a atenção é pouca na compreensão do Conhecimento de Cultura Racional contido nos Livros UNIVERSO EM DESENCANTO. As palavras simples contidas nesse Conhecimento são melhor apreendidas, em significado vertical, numa correspondência direta e proporcional ao estado de “pureza” do leitor: só uma Inteligência Superior poderia ser o Autor de tal proeza. Dando a cada um o que cada um está capacitado a receber, na medida certa.

    Por isso o Conhecimento de Cultura Racional contido nos Livros UNIVERSO EM DESENCANTO, agindo em vários níveis de compreensão humana existentes, ao mesmo tempo, provendo a necessidade individual de cada leitor, pode, de fato, beneficiar a toda à Humanidade, ensinando, em suas brilhantes páginas, como o desenvolvimento do Raciocínio pode ser realizado por todos nós, indistintamente, e contém a alavancagem para acionar a felicidade plena que está adormecida na Glândula Pineal, localizada no Istmo do Mesencéfalo, a Energia Racional.

    Assim sendo, peço licença para parafrasear o AUTOR do Livro:

    “A evolução certa da natureza é a Fase Racional, a fase do desenvolvimento e do desdobramento do desenvolvimento do raciocínio, que veio para substituir o pensamento e a imaginação.

    Por quê? Porque terminou em 1935 a fase do pensamento e entrou na natureza a fase do desenvolvimento do raciocínio, porque a fase do pensamento teve o seu princípio e tinha que ter o seu fim.”

    Curtido por 1 pessoa

  2. nalub7 disse:

    TUDO ISSO É MOTIVO DE FESTAS E MAIS FESTAS QUE, EM MUITO BREVE ESTARÃO OCORRENDO NO MUNDO INTEIRO, FESTAS DE CONFRATERNIZAÇÃO E DE AGRADECIMENTO AO RACIONAL SUPERIOR, PELO SEU INCOMENSURÁVEL E MAGNÂNIMO PERDÃO DADO A TODA A HUMANIDADE!
    LOUVADO SEJA O RACIONAL SUPERIOR!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s