REFLEXÕES RACIONAIS 12

REFLEXÕES RACIONAIS 12 - O LIVRE ARBÍTRIO INCONSCIENTE

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdWjVlT0htRlViX3pDVGpURHVVZFl5ZHloUTBB  (Clique no link para ouvir o áudio)

download1 (1)

(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

(*)

O LIVRE-ARBÍTRIO DO SER INCONSCIENTE

 

Quando uns tantos seres Racionais puros, limpos e perfeitos, adentraram uma parte da Planície que ainda não estava pronta para progredir, foram advertidos várias vezes pelo RACIONAL SUPERIOR, por estarem cometendo uma falta gravíssima. Não deram ouvidos e continuaram a progredir por conta própria. Aquela parte da Planície começou então a se afastar de seu Mundo de Origem, levando consigo os que ali se encontravam iniciando um movimento de descenso em movimentos circulares dando início a um ciclo de transformações degenerativas até a extinção dos corpos em cima to início da formação da terra e da água, a causa do Raciocínio.

Que dívida monstruosa essas criaturas divinas acumularam em suas vidas, ao desafiar a superioridade inconteste de seu Criador!

 Alguns desses tantos, porém, viriam a se conscientizar do ocorrido ainda no início da perda dessas virtudes divinas, estancando sua descida em tempo e permanecendo em um nível denominado pelo MUNDO RACIONAL de Astral Superior. Esses tantos retiveram suas qualidades de pureza e limpeza, tendo, entretanto, perdido a perfeição, deformada no início da descida. Assumiram então, perante o RACIONAL SUPERIOR, a missão de fazer a interligação dos que continuaram a se degradar até se materializarem neste segundo mundo, com o Mundo Superior, através da Energia Mediadora Racional, pura e limpa.

Outros tantos, ao agirem da forma como agiram, se tornam autores, coautores, personagens e causadores das consequências que viriam a sofrer e até hoje sofrem; uns na condição de seres materializados neste mundo visível na Galáxia Térrea e outros no invisível do vácuo e do Astral.

A que podemos atribuir a causa?

Seguramente à vontade e à livre-escolha de como foi usada essa vontade. As duas se encontram presentes tanto no Mundo de Origem como no mundo de matéria e em havendo ausência de vontade não há progresso, apenas estagnação, que também significa atraso e regresso. Esse é o risco que qualquer vivente corre, seja no mundo do Raciocínio, ou no do pensamento; o uso indevido da vontade na escolha do que pretende fazer.

Portanto, todos incorremos nessa gravíssima falta original – e vimos padecendo de seus efeitos, durante vinte e uma eternidades, fazendo escolhas que na realidade nunca fizemos, pois são escolhas da dona do pensamento, apropriadas para a lapidação, sofrimento e recuperação de cada um de nós sofredores, meras ferramentas da Natureza, e chegamos finalmente ao ponto decisivo em nossas vidas.

A fase do pensamento se extinguiu em 1935 e ninguém notou a mudança que houve para a Fase Racional, engabelados que estavam pelos feitos e efeitos aparentes da dona do pensamento. Entretanto, é na Fase do Raciocínio que está resumido o verdadeiro tempo de nossas existências na matéria, e no âmbito de duração desse tempo, a vontade terá que fazer a mais importante escolha de nossas vidas, desde a época em que desobedecemos aos chamados de DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, o Raciocínio Superior a todos os Raciocínios, até os dias de hoje:

OU

optamos por desenvolvermos o Raciocínio, restabelecendo o elo de ligação com a nossa Origem, onde estão todos os recursos completos, precisos e necessários para fazer o que preciso for para o reequilíbrio e a volta de todos para o nosso verdadeiro estado de ser, em nosso verdadeiro Mundo de Origem;

OU

continuamos na classe de animal sofredor e mortal, identificados com o chão e com as coisas ilusórias da matéria, vivendo ignorando  quanto vale o tudo do nada que nada vale, e acabando por sermos tragados pelo vórtice do magnético – energia deformada substituta do extinto pensamento –  para classes inferiores dos animais irracionais, lá sendo lapidados por mais 7 eternidades.         

Quanta perda de tempo! Quanto sofrimento!

Já fomos lapidados por vinte uma eternidades e agora estamos tomando ciência de toda a nossa história, deletada de nossas memórias pelas incontáveis transformações e modificações que viemos passando, desde a condição de monstros até a de selvagens, e de selvagens até a condição de mais ou menos civilizados que equivale a dizer: novos selvagens, eruditos e sofisticados, que não sabem o que significa o respeito aos direitos de qualquer espécie, muito menos os direitos da espécie humana.        

Quem nos traz essas preciosas informações é o livro “Universo em Desencanto” de Cultura Racional, ditado pelo RACIONAL SUPERIOR do MUNDO RACIONAL para ELE próprio, o RACIONAL SUPERIOR da Terra, Senhor Manoel Jacintho Coelho, aqui na matéria. Esta Obra Literária de Suprema Sabedoria Racional traz em seu conteúdo os ensinamentos para o desenvolvimento do Raciocínio, ensinamentos que possibilitarão a eventual recuperação e salvação do Habitante que se encontra sentenciado, materializado e aprisionado dentro da glândula pineal, aguardando pacientemente seu alvará de soltura, que só lhe será concedido mediante sua desmaterialização.

 

Logo, cada um de nós terá que decidir qual a escolha que irá fazer, que na verdade será apenas uma: a de subida para o Mundo de Origem, pois os que descerem serão aqueles que em seu sono profundo de olhos abertos, não fizeram escolha nenhuma, se mantendo no estado letárgico de total inconsciência.

Quantas oportunidades de salvação nos foram oferecidas e quantas não foram aproveitadas!

Lembrando que é dever dos que já se conscientizaram Racionalmente, levar o Conhecimento Racional aos irmãos ainda adormecidos, pela divulgação da Obra Máxima de Cultura Racional, UNIVERSO EM DESENCANTO, condição “sine qua” para auferirem os benefícios providenciais que a DIVINA PROVIDÊNCIA lhes reserva.

SALVE!

(*)  Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2017/04/09/rational-reflexions-12/

 

 

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para REFLEXÕES RACIONAIS 12

  1. Pingback: RATIONAL REFLEXIONS 12 | RACIOCINAR SEMPRE! Pensar nunca.

  2. Irmão Racional disse:

    Salve

    Os ensinamentos contidos nos Livros UNIVERSO EM DESENCANTO nos mostram como podemos utilizar a vontade a nosso favor, tornando-a uma boa vontade.
    E como essa boa vontade pode ser utilizada para nos beneficiar e à toda Humanidade.
    O presente texto nos mostra as causas presentes em nós que determinam os efeitos colhidos.
    Para evitar todo sofrimento leia o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s