REFLEXÕES RACIONAIS 27

Mecânica celeste e material

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdNjVPNDVudkZGbnliMHE5X3ctMHZIQnAtckRN

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1 (1)

(*)

(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

 

O NADA

 

Quem já conseguiu definir o nada?

Ninguém, por ninguém poder definir algo inexistente. Pode apenas dizer que não existe.

Por o nada se satisfazer com sua própria condição niilista, permanece como nada sendo, incapaz de definir quem ele próprio é.

Portanto, o verdadeiro nada é o próprio, o nada mesmo, o nada do sempre e do nunca, o coisa nenhuma, o inexistente, o inverídico, o nada do tudo e do nada, o nada absoluto; porque começa em nada e termina em nada.

Excepcionalmente, na matéria, o nada é a única coisa que parece tudo ser, porém na forma ilusória das aparências. Esse é o mais importante desafio enfrentado pelo ser humano: aprender a discernir entre o verdadeiro e o falso, entre real e o irreal, entre o tudo e o nada. Somente o verdadeiro conhecimento de si próprio, que se resume em saber de que mundo veio, em que mundo está, e para que mundo vai,  libertará o ser humano das amarras que até hoje fixaram-no irremediavelmente  na matéria, na condição de sofredor, mortal e…  cultivador do nada.

Quem cultiva o nada, nada é.

Desde o princípio, a história humana sempre se resumiu em uma infinidade de nadas:

O monstro foi um nada monstruoso.

O selvagem um nada brutal.

O animal Racional civilizado, um nada sofisticado.

E assim por diante.

Mas, afinal, onde se encontra o tudo?

O ser humano não tem condições de definir o nada e muito menos o tudo, por acreditar que o tudo é tudo que é visível, que pode tocar, sentir, avaliar, mensurar, definir, possuir, experimentar e julgar de alguma forma.

Isto ocorre por o humano ser um materialista que julga que o tudo está na matéria, e que o restante nada é.  

Ver para crer!

Em 1935, a Divina Providência criou na Terra, regida pela Natureza, uma nova Era, a era da Fase Racional, a fase do desenvolvimento do Raciocínio, da Vidência e do Aparelho Racional, que substituiu a fase do pensamento do animal Racional.

Os ensinamentos dessa nova fase, enviados do Primeiro Mundo e aqui chegados através da Obra inédita “Universo em Desencanto” de Cultura Racional, transformaram completamente o entendimento e a interpretação do que é o tudo e do que é o nada aqui na matéria. E como esses ensinamentos são trazidos pelo Raciocínio, somente quem desenvolver o Raciocínio pode recebê-los, entendê-los e aplicá-los.

O Livro ensina e demonstra minuciosamente e com grande clareza, que tudo que existe no Universo é feito de matéria e, portanto, é falso e inexistente, por a matéria ser um nada que adveio de uma energia pura, limpa e perfeita, a Energia Racional, porém degenerada em duas energias deformadas e poluídas; a energia elétrica e a magnética.                                      

Esses ensinamentos Racionais deixam o livre-pensador (cuja mente está sempre emaranhada nas profundezas de sua abominável ignorância) ainda mais perplexo e confuso, pois para ele a matéria é o tudo, apesar de lhe haver sido fartamente provado e comprovado pela própria Natureza a insustentabilidade de sua própria existência material, na sequência interminável de brevíssimas vidas regidas pela inclemência das lapidações.      

Um princípio e um fim sem fim, e assim tem sido por 21 eternidades.

O Livro também demonstra que o verdadeiro tudo não é daqui deste mundo de matéria, mas de um Mundo muito distante e muito elevado, superior a tudo e a todos, onde se encontra a PLANÍCIE RACIONAL que se degenerou de sua origem pura, limpa e perfeita e resultou neste segundo mundo, degradado, poluído, sofredor e mortal, uma infeliz consequência do primeiro.

A Escrituração explica e descreve com riqueza de detalhes, o como e o porquê da descida dessa parte da planície e de sua materialização em níveis tão inferiores e tão degradados.

Segundo essa Obra única, transcendental e definitiva, a PLANÍCIE RACIONAL é parte de um complexo muito maior e incomensurável, denominado MUNDO RACIONAL, onde habita o RACIONAL SUPERIOR, o Raciocínio Superior a todos os Raciocínios, e com ELE nossos irmãos puros, limpos e perfeitos. Estes, sabiamente não seguiram os passos de uns tantos outros que resolveram entrar por uma parte da Planície que não estava pronta para progredir.

Esses tantos, somos nós mesmos aqui materializados, e outros tantos em forma invisível, habitantes de outros níveis no espaço acima, quais sejam; o Astral Térreo, o Astral Inferior e o Astral Superior.

Ao não darmos atenção aos chamados de advertência de nosso PAI, o RACIONAL SUPERIOR, e continuarmos a progredir por conta própria, por nossa livre e espontânea vontade, a parte da Planície que não estava pronta para progredir se desligou da parte principal e iniciou um inapelável movimento de descida, levando todos os que nela se encontravam. No decorrer do descenso, as virtudes puras, limpas e perfeitas de tudo e de todos foram se perdendo e se materializando no Universo que aqui embaixo se formou e com o qual passamos a conviver.

Lendo, relendo, estudando e pesquisando com atenção a história de nossas vidas, desde o antes de assim ser e ao longo da infinidade de fases e eternidades pelas quais a Natureza passou, podemos entender e nos assegurar de que a verdade está no tudo do tudo do Mundo Superior e que a inverdade está no nada do nada do mundo inferior, de matéria.

Quem entender e compreender esta diferença passou a Raciocinar e já se encontra no caminho de volta para seu Mundo de Origem.

A verdadeira origem da humanidade está no MUNDO RACIONAL, em forma de Energia Cósmica Racional. A Fase Racional veio para dar os meios àqueles que desobedeceram nosso PAI, de terem a oportunidade de se redimirem e se recuperarem através do desenvolvimento do Raciocínio, tomando conhecimento dos ensinamentos Racionais para adquirirem a IMUNIZAÇÃO RACIONAL e retornarem à sua Origem.     

Com a leitura se despegarão da matéria impura, poluída e imperfeita, o nada que por nada ser de nada vale, e se apegarão ao Livro “Universo em Desencanto” de Cultura Racional, que ensina a Verdade verdadeira, o tudo do tudo, que em essência é a Estrada de volta para a ETERNIDADE do MUNDO RACIONAL.

Eis a diferença entre o tudo e o nada, entre o tudo ser e o nada ser, entre o não ser e o SER RACIONAL.

 

 

(*)  Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2017/12/08/rational-reflexions-27/

 

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Não categorizado, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para REFLEXÕES RACIONAIS 27

  1. Pingback: RATIONAL REFLEXIONS 27 | RACIOCINAR SEMPRE! Pensar nunca.

  2. Rosângela Leite disse:

    Salve ! definiu muito bem a vida de aparências do animal racional

    Curtir

  3. GILBERTO disse:

    Certamente, Rosângela. Felizmente os tempos avançaram e se transformaram, a Cultura Racional chegou e hoje não mais de aparências vive o homem que aprendeu a Raciocinar. Feliz esse homem. Grato pelo seu comentário.
    SALVE!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Augusto Cesar disse:

    Texto emblemático. Retrata nossa real situação no mundo material em que vivemos. Um mundo de mentiras, imperfeito, misterioso e encantado. Concordo plenamente com seus comentários bem explicado a todos que estudam Cultura Racional. Temos que olhar pra cima, alcançar o tudo e esquecer o nada ser. Nossa meta é despertar o habitante do eu divino (raciocínio), e isso só acontece se desapegarmos do encanto da matéria. Ler e reler a obra: Universo em Desencanto.

    Curtido por 1 pessoa

    • GILBERTO disse:

      Grato, Augusto Cesar, por seu comentário. Só poderá haver a abreviação de nossa permanência aqui no fundo desse buraco que nós mesmos cavamos, se o número de leitores aumentar de forma muito maior do que se apresenta no momento. E para que isso aconteça é preciso muita propaganda. Ex: folhetos, banda, internet, blogs como este, etc. Daí virá a conscientização Racional e em consequência a Racionalização mundial. Mas não será para agora, por isso há de se ter muita paciência para esperar, perseverança para progredir e confiança para vencer.
      Um abraço.
      SALVE!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s