VENCENDO O MEDO

VENCENDO O MEDO

https://drive.google.com/open?id=1vKYdrfWSINDWanji0k4WtpWatVotikVX

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1

Minha Gente:

 

Um dos maiores e piores gigantes do nosso interior é o medo. Ele nos leva às desconfianças, aos desentendimentos, a imaginar o que não existe, às antipatias gratuitas, ao ciúme, à inveja, à hipocrisia, à ganância, à ambição, à violência e a tudo mais de ruim que possa existir numa personalidade degenerada e deformada.

Por quê?

Porque o medo é uma doença causada pelo excesso de magnetismo ou de eletricidade, que mantêm a pessoa fora da realidade.

O desequilíbrio dessas duas forças, elétrica e magnética, deixa o vivente à margem do bom senso, e uma pessoa sem o bom senso desacerta em tudo e vai desacertando sempre, passando a ter medo de tudo, até de viver.

E qual a causa desse desequilíbrio eletromagnético nos viventes?

A causa é o NÃO SE CONHECER VERDADEIRAMENTE.

E a grande maioria, por não se conhecer, ao querer vencer o medo, pensa e imagina que poderá vencê-lo enfrentando situações de risco e perigosas, magnetizando-se ainda mais. Temos que enfrentar é a nós mesmos!

O medo, minha gente, só termina quando passamos a conhecer a VERDADE DAS VERDADES sobre a vida e o mundo em que vivemos – sua causa, sua origem e sua base verdadeiras.

Quem tudo conhece, não é dominado por nada e, por isso, se domina, não permitindo a influência de qualquer que seja a negatividade em sua vida.

Pensando e imaginando, todos nós alimentamos o medo, porque o comando do pensamento e da imaginação é para manter todos fora da realidade, e fora da realidade a pessoa vive sem se conhecer, alimentando o crescimento do medo.

E como se conhecer?

Somente através do desenvolvimento do raciocínio.

E como desenvolver o raciocínio? Conhecendo a VERDADE das Verdades e saindo da mentira, porque somente a VERDADE nos mantém na LINHA DA NATUREZA, na linha do bom senso.

E como conhecer a VERDADE das Verdades?

Lendo e relendo os Livros Universo em Desencanto, de cultura natural da Natureza, a Cultura Racional, porque fora do natural não existe realidade, e fora da realidade não existe bom senso.

Aí, sim, aprendendo a RACIOCINAR SEMPRE, a pessoa vai vencendo o medo, por ir passando a se conhecer, até se conhecer completamente, ficando em vida ligada, conduzida e amparada pelo Mundo Superior ao qual pertencemos, o MUNDO RACIONAL, cuja FORÇA PODEROSÍSSIMA é completamente ABSOLUTA, não havendo força alguma que possa com ELA, por ser a Verdadeira Força da DIVINDADE SUPREMA, o RACIONAL SUPERIOR, que ninguém jamais antes conheceu, porque não havia chegado a hora certa para esse conhecimento e que é agora, na Fase Racional do Terceiro Milênio.

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para VENCENDO O MEDO

  1. mary sana disse:

    ”A VIDA É BELA, RICA E FLORIDA PARA TODOS AQUELES QUE PASSAM A SE CONHECER.”
    A frase acima está contida nos Livros “Universo em Desencanto”, de Cultura Racional, SABEDORIA MATERIALIZADA EM LETRAS.
    E através da assiduidade no ESTUDO RACIONAL, vamos compreendendo a BELEZA, o FLORESCER, a RIQUEZA da ESSÊNCIA, de quem vai sendo agraciado pelo AUTOCONHECIMENTO VERDADEIRO RACIONAL.
    Para clarear, lembramos do primeiro e segundo milênios, concernentes às evoluções da imaginação e pensamento, quando a humanidade sobreviveu sob o jugo do MEDO, CARRASCO GIGANTE, porém necessário para o aprimoramento, o amadurecimento de toda a humanidade.
    Assim, desde o passado e até nos dias de hoje, quando já estamos em plena Fase do Terceiro Milênio, muitos pensadores recorrem às terapias, às análises psicanalíticas, para irem “tocando a vida”, tentando vencer o medo, fazendo adormecer, frear esse fantasma mental assustador.
    Finalmente chega em nossas mãos, pelas MÃOS DA BENEVOLÊNCIA DIVINA, pois somente assim pelo CAMINHO NATURAL, todos sem distinção, poderão conquistar sua INDEPENDÊNCIA DEFINITIVA das fobias, das patologias, sejam elas físicas ou mentais.
    No caso específico do MEDO, doença mental, generalizada nos seres humanos: em uns mais e outros menos, o que é perfeitamente compreensível, devido a vulnerabilidade da matéria, ele só pode ser vencido pelo DONO DA VIDA, pelo RACIOCÍNIO, que quando ASSUME A CASA, ou seja, a CABEÇA, passa a direcioná-la de forma FIRME e SEGURA, porque no que é RACIONAL não existe fragilidade, por se tratar do nosso VERDADEIRO NATURAL.
    E muitos poderão questionar: – Isso não é fácil!
    E imediatamente serão respondidos: – Claro que não, enquanto o comando mental pertencer à imaginação e ao pensamento, cuja função foi exatamente o de proporcionar a insegurança e o medo aos seres viventes.
    Pela plenitude do RACIOCÍNIO, naturalmente CLARIVIDENTE, portanto fora de qualquer negatividade, não há coisa alguma que possa impedir a conclusão de seu desenvolvimento que é a IMUNIDADE, a LIBERTAÇÃO, o DESPRENDIMENTO de todas as dependências milenares que trouxeram até então a humanidade atolada nas trevas do poderoso medo, que já se rendeu à SUPREMACIA DIVINA RACIONAL.
    Concluímos então, que quando chega o CHEFE, o subalterno inevitavelmente tem que se curvar, isso significa dizer que, para quem está investindo no DESENVOLVIMENTO DO SEU RACIOCÍNIO, o medo vai enfraquecendo, até se despedir de vez.

    Curtido por 1 pessoa

    • nalub7 disse:

      Nobre Irmã Racional Mary, nossos parabéns pela complementação brilhantíssima do texto “VENCENDO O MEDO”.
      O medo é mesmo fruto da degeneração e deformação da natureza SUPERIOR, cuja função é a cobrança intermitente sobre todos nós por termos saído, por livre arbítrio, do MUNDO SUPERIOR.
      E a cobrança desse algoz gigante e aterrorizador somente vai terminando, até terminar de vez, quando vamos passando a nos conhecer através da cultura natural da Natureza, a Cultura Racional, do nosso Verdadeiro Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, até nos conhecermos completamente, através do desenvolvimento do raciocínio que é feito pela leitura diária, paciente e persistente dos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.
      Nossa gratidão!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Gilberto Mauricio de Rezende Carnasciali disse:

    O medo é um dos males hereditários utilizados pela Natureza para lapidar as feras humanas antes de se civilizarem. Medo gera violência e agressividade, ainda hoje presentes no DNA de muitos viventes. Para amansar e domar as feras, foi preciso a dona da imaginação e do pensamento criar todos esses engambelos aparentes, domesticando-os mais ou menos através das energias elétrica e magnética, para chegarem à condição de mais ou menos civilizados, mas ainda desequilibrados.
    Somente com a chegada da Fase Racional e com ela a Energia Racional do RACIOCÍNIO, foi possível transformar o medo e todos os sentimentos negativos do ser humano, pela Racionalização, ou seja, através do desenvolvimento do RACIOCÍNIO.

    Eis o passo adiante e para acima dado pelos que estão aderindo à leitura do Livro “UNIVERSO EM DESENCANTO” de Cultura Racional, ditado pelo RACIONAL SUPERIOR para tirar todos os que assim se conscientizarem e o desejarem, desse estado animalesco de atraso e rudez para o de seres puros limpos e perfeitos, com corpos de luz de massa Cósmica Racional, como outrora foram em seu Mundo de Origem.

    São 21 eternidades de distância física e temporal que separam os dois mundos, o original e o consequente e que podem ser recuperadas em um piscar de olhos quando atingirem o desenvolvimento do Raciocínio, da Clarividência e do Aparelho.

    Todos de volta ao seu Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, já!
    SALVE!

    Curtido por 1 pessoa

  3. nalub7 disse:

    Brilhante exposição sobre o medo, Gilberto! E já dizia o velho ditado que quem não deve, não teme. E todos nós devemos 21 degraus de desobediência!
    E agora, para nosso regozijo, tudo isso perdoado pelo desenvolvimento do raciocínio, até que se alcance o conhecimento completo Racional da vida.
    Quer presente maior?
    Gratíssimos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s