REFLEXÕES RACIONAIS 48

Mecânica Celeste e Racional

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdMDZJaWJSdGhvOFlXcEVqVXZnSTdUUXkzSUZZ

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1

(*)

(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

UM BREVE RELATO SOBRE A TRISTE EXPERIÊNCIA DE VIDA DOS RACIONAIS NA MATÉRIA

 

Já lhe passou pela cabeça saber quem você é, de onde veio e para onde vai?

Essa é uma pergunta que muito poucos conseguem se fazer por desconhecerem a Obra de Literatura Racional “Universo em Desencanto”, que vem ensinando esses Conhecimentos inéditos desde 1935, quando aqui no Rio de Janeiro, então capital do Brasil, aportou a Cultura Racional.

O conteúdo dessa fantástica Enciclopédia de Cultura Racional foi ditado por DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, o RACIOCÍNIO SUPERIOR a todos os RACIOCÍNIOS, para seu Aparelho e Representante aqui na Terra, Senhor Manoel Jacintho Coelho, o RACIONAL SUPERIOR da TERRA.

De acordo com essa Escrituração Transcendental, o vivente possui duas personalidades, mas só vive uma aqui neste mundo de matéria por a segunda existir materializada dentro de sua cabeça.

E o que isso significa?

A primeira personalidade, a animal, que se divide em duas partes: o “tu” e o “eu”. O “tu” é como a pessoa se apresenta em sua aparência exterior. É aquela personalidade que a pessoa nos apresenta, aparente, que valoriza o tudo falso da vida, o tudo que nada é, que por isso mesmo termina em nada. A beleza exterior do “tu”, se esse for o caso, só tem valor para lapidar quem a valoriza. Essa personalidade é comandada pelas energias elétrica e magnética que promovem os sonhos ilusórios e os engambelos de toda a sorte para melhor lapidar o vivente que, de repente se vê sem nada, por tudo terminar em nada. Porque tudo na vida é assim, tem princípio e tem fim. Esta personalidade está ligada e é regida pela dona do pensamento e da imaginação.

A outra parte dessa personalidade animal é o “eu” interior invisível e fluidificado, que pode apenas ser sentida, é a sua personalidade íntima, negativa, falsa, por o corpo ser um conjunto elétrico e magnético que, entretanto, passa a se exteriorizar positivamente à proporção que o vivente desenvolve o Raciocínio e a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, se Racionalizando através da leitura e do estudo da Obra Racional “Universo em Desencanto”.     

O “eu” domina e orienta o “tu” por ser no “eu” que são criadas as ideias e os pensamentos. Se o pensamento é elétrico, é do fluido bom aparente (por não ser do bem verdadeiro), se é magnético, é do fluido mau. Aí, então, com a Racionalização, a parte animal do vivente fica dominada pela Energia Racional que elimina as energias elétrica e magnética. É assim que se dá o desencantamento do vivente e será assim que tudo e todos se desencantarão. Daí o nome do Livro: “Universo em Desencanto”.

A outra personalidade, a Racional, que é a sua personalidade verdadeira e verdadeiramente positiva, é o Habitante do MUNDO RACIONAL que está materializado dentro da Glândula Pineal, como máquina do Raciocínio, mas que não pertence a este mundo de matéria. É tal qual uma pérola preciosa dentro de uma concha, ignorada por todos e perdida no fundo do mar. Esta é a verdadeira personalidade do ser humano, por se originar e vir de nosso verdadeiro Mundo de Origem, tendo se materializado no início do processo de materialização da terra e da água durante a formação deste mundo em que vivemos.

Por uma especial concessão da DIVINA PROVIDÊNCIA, o RACIONAL SUPERIOR, foi-nos permitido manter o vínculo Racional com nosso verdadeiro mundo através do Raciocínio, porém materializado na forma de máquina do Raciocínio, para dessa forma preservá-lo de todas as lapidações e infindáveis transformações a que tudo e todos foram submetidos ao longo das fases vividas pela humanidade durante os vários trilhões de anos representados pelas 21 eternidades (ou degraus de descida do MUNDO RACIONAL até os dias de hoje); desde a fase de monstros, passando pela de selvagens e chegando a de civilizados, quando aqui aportou finalmente a derradeira fase, a Fase Racional do Terceiro Milênio.

A Fase Racional é a fase do desenvolvimento do Raciocínio, em substituição a fase eletromagnética do pensamento e da imaginação, já extinta, exatamente para desenvolvermos nosso Raciocínio e concomitantemente o despertar do Habitante do MUNDO RACIONAL. Com o Raciocínio desenvolvido, dá-se a desmaterialização do Habitante do MUNDO RACIONAL, (que somos nós humanos), que readquire seu corpo original de massa cósmica Racional e retorna para o MUNDO RACIONAL. Eis aí, portanto, como retornaremos para o mundo de onde viemos.

E como se dá a desmaterialização?

Através da leitura e estudo da Obra “Universo em Desencanto”. Sua energia, a Energia Racional impressa nas letras, parágrafos e páginas do LIVRO, se fluidifica no decorrer da leitura e do estudo constante e atento, penetrando através dos olhos na glândula Pineal do estudante e desmaterializando o Raciocínio ali materializado na forma do Habitante do MUNDO RACIONAL.

E por que desencanto?

Porque vivemos encantados aqui neste mundo de matéria degenerado, degradado, poluído e enfraquecido, ignorando tudo e todos, encantados pelos engambelos proporcionados pelas energias elétrica e magnética, sofrendo a não mais poder a lapidação promovida por essas duas poderosíssimas forças e achando que a vida é essa mesma: nascer, sofrer e morrer.

Passar a se conhecer significa desencantar-se conhecendo e reconhecendo a sua própria história desde o início, quando era um ser puro, limpo e perfeito no MUNDO RACIONAL até o final onde hoje nos encontramos.        

A seguir um breve relato sobre essa imperdoável experiência e suas tristes consequências:

Era uma vez uns tantos Habitantes do MUNDO RACIONAL que usando indevidamente sua vontade e livre arbítrio, saíram do MUNDO RACIONAL e adentraram por conta própria e por várias vezes, uma parte da PLANÍCIE RACIONAL que não estava pronta para entrar em progresso. Não deram atenção aos chamados de nosso PAI, o RACIONAL SUPERIOR, para que retornassem; alguns nem lá foram, outros chegaram ao limiar e retornaram, e outros continuaram a progredir por conta própria. Aquela parte da Planície se deslocou e começou a descer em círculos espiralados sem que aqueles tantos desobedientes notassem, já que aquela parte da Planície se transformara em o que hoje conhecemos por NATUREZA, e a progressão natural da Natureza é imperceptível; tudo e todos foram perdendo suas virtudes puras, limpas e perfeitas que se reuniram em um foco de luz à distância.   

Com o passar do tempo, e a degeneração sempre maior o foco de luz foi se aquecendo até se tornar uma fornalha com temperaturas elevadíssimas. Esse foco de luz transformou-se no sol.

Com o decorrer de um longo período que a Literatura Racional passou a denominar de “eternidade”, iniciou-se o processo de materialização da Planície, que se dividiu nas energias magnética e elétrica: terra e água. A terra oriunda da resina queimada, torrada e transformada em cinzas pelo calor emanado pelo sol, e a água resultante da goma que com o calor se transformou em um líquido espesso, depois mais fino e depois em água.

Esse foi o momento decisivo e decisório no qual o RACIONAL SUPERIOR determinou que no ato da extinção dos corpos desses Racionais ao tocarem a superfície do princípio da terra e da água, a Energia Racional da qual eles eram formados se transformasse em máquina do Raciocínio e se materializasse em seus futuros corpos de matéria. Estabeleceu-se assim o elo de ligação definitivo entre o Racional degenerado, degradado, degredado, poluído, deformado, sofredor e mortal com seu Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL, puro, limpo, perfeito e eterno.

Formandos, formados e deformados em transformações enfraquecedoras contínuas, porque na matéria nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.

Mas a saga da humanidade é longa e sofrida.

Primeiro a espécie humana brotou da terra como monstros de muitos formatos e tamanhos, disformes e amorfos. Passaram-se longas eternidades para que pudessem enxergar, ouvir e emitir sons. Depois veio a fase de selvagens; entendiam-se por meio de acenos, depois de urros e guinchos. Mais adiante, passaram a gaguejar até a voz abrir e se soltar. Até esse ponto eram eternos, mas iam ressecando a garganta o que os fez começar a usar a água que passou a dilatar-lhes o organismo.

Quanto mais água usavam mais os órgãos se dilatavam, vindo então a vontade de comer. Então passaram a comer os vegetais. Ainda eram eternos, mas com a modificação da vegetação, apareceram muitas espécies venenosas causando os primeiros óbitos e o desaparecimento dos primitivos.

O sol continuando a esquentar cada vez mais, a água na terra começou a evaporar e esse vapor d´água subindo se transformou em nuvens dando origem as chuvas. Naquela altura só um quarto da lua aparecia e só mais tarde os quatro quartos apareceram.

Todos nasciam do chão e conforme a vegetação ia se modificando a terra parou de formar a bicharada. A reprodução passou a se dar pelo espermatozoide, que é o pingo d´água, o deus-água que aqui gerou, criou e mantém tudo o que é degenerado, imperfeito e poluído. Um só pingo d’água fabrica um ser que se prolifera e resulta na bicharada que aí está de todas as classes. E dadas essas permanentes transformações, todo o passado se tornou desconhecido de todos: da fase dos monstros, dos selvagens, dos civilizados e da fase atual, a Fase Racional.

Abreviando uma longa história de 21 eternidades, estamos chegando ao final dos tempos, tendo o Livro “Universo em Desencanto” chegado para trazer o conhecimento Racional para a humanidade e alertando que a Fase Racional é a última da vida do animal Racional na Terra. Quem com constância, atenção e intenção; ler, reler, estudar, pesquisar e aprender o Conhecimento Racional, repassando-o aos seus irmãos que ainda o desconhecem, subirá para seu mundo de onde saiu e veio, o MUNDO RACIONAL. Mas para isso, é preciso que viva aqui na Terra como os Racionais, que proceda como um Racional, que seja um Racional por dentro e por fora, pela frente e por trás, por cima e por baixo, porque Racional é uma coisa só, o MUNDO RACIONAL é um só e a verdade é uma só, porque não existem duas verdades.

Quem não o fizer, descerá para as classes inferiores dos irracionais e permanecerá na Terra por mais sete eternidades, nascendo, morrendo e vivenciando o sofrimento da infinidade de espécies animais, vegetais e minerais aqui existentes.

Portanto, não há mais tempo a perder. Começar a ler já a Obra Máxima de Cultura Racional para desmaterializar o “seu” Habitante do MUNDO RACIONAL e voltar brevemente para o mundo verdadeiro onde foi originalmente gerado, o MUNDO RACIONAL.

 

 

CAROS LEITORES, PROCUREM LER O LIVRO “UNIVERSO EM DESENCANTO” PARA SE CONHECEREM E DESCOBRIREM QUE SÃO SERES EXTRATERRENOS MATERIALIZADOS NESTE MUNDO DEGENERADO, DEGRADADO, POLUÍDO E CADA VEZ MAIS E MAIS ENFRAQUECIDO. DESCUBRAM NA LEITURA A CAUSA DE SUAS VIDAS SOFREDORAS E MORTAIS E, PRINCIPALMENTE, COMO SE LIVRAR DESSA CIRANDA DIÁRIA DE NASCIMENTOS E RENASCIMENTOS, SOFRIMENTO E MORTE, PARA RETORNAR PARA SEU MUNDO DE ORIGEM, O MUNDO RACIONAL, PURO, LIMPO, PERFEITO E ETERNO!

 

ATÉ LÁ!

SAUDAÇÕES RACIONAIS!

 

(*)  Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2018/08/20/rational-reflexions-48/

                                                                                                                      

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para REFLEXÕES RACIONAIS 48

  1. Mary Sana disse:

    Essa detalhada divulgação convida a todos aqueles que ainda não tomaram conhecimento DESSE SABER ÍMPAR, a Cultura Racional, dos Livros “Universo em Desencanto”, à disposição de toda a humanidade, distribuindo CULTURA DE FATO, RESOLVENDO e DEVOLVENDO a VIDA materializada nos humanos, na Glândula Pineal.
    Bela exposição!

    Curtido por 2 pessoas

  2. Sonia Regina Pereira disse:

    Parabéns pela brilhante explanação com base no Conhecimento de CULTURA RACIONAL que incentiva nos estudos do livro Universo em Desencanto.

    Curtido por 2 pessoas

  3. nalub7 disse:

    Muito bem e brilhantemente colocada, Gilberto, toda a nossa trajetória desde a saída do nosso Verdadeiro Mundo, o MUNDO RACIONAL, até o presente momento, quando já está iniciada a grande caminhada de retorno a ELE, para quem já tiver atinado para a nulidade da vida da matéria, onde o EU falso interior, eletromagnético, que é animal, projetado no TU, fazia com que o EU VERDADEIRO, o EU RACIONAL, permanecesse paralisado, aguardando a chegada de sua fase de ação, a Fase Racional do Terceiro Milênio.
    Pois, é nesta grandiosa Fase que ora vivenciamos na Terra, que esse EU VERDADEIRO, RACIONAL, irá se despertar e entrar em função, através de sua ligação à ENERGIA RACIONAL, contida nos Livros dessa ENERGIA SUPERIOR, que são os Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.
    Parabéns pela bela exposição e nossos agradecimentos!
    Louvada seja a FASE RACIONAL do TERCEIRO MILÊNIO!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Gilberto Mauricio de Rezende Carnasciali disse:

    GRATÍSSIMO A TODAS PELOS COMENTÁRIOS!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s