MOMENTO RACIONAL 95

VIAJAR NO TEMPO.png

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdVGJMWEFFZGp4U25wRFBtRHNwRUV2TVEyQk5R

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1

(*)

(Compilado da Literatura Racional do RACIONAL SUPERIOR)

 

A HISTÓRIA DA HUMANIDADE:

SUA CAUSA E CONSEQUÊNCIA

 

Vivem porque têm vida, sem saberem por que, sem conhecerem a razão da Natureza, do mundo e de todos assim serem. Antes do nada, eram corpos deformados no ponto de extinção. Antes de serem corpos Racionais deformados, eram Racionais puros limpos e perfeitos, e quando assim eram, viviam na Planície com os demais que aqui estão com seu progresso, de acordo com a formação.

E por que quiseram progredir por conta própria, nessa parte da planície que ainda não estava pronta para a função normal Racional? Por que quiseram progredir por conta própria? Foi por livre e espontânea vontade ou desconheciam os efeitos do desequilíbrio que pudesse acontecer?

Não! Não previam nada disso, porque não sabiam o que era sofrimento, não sabiam o que era sofrer e muito menos o que era deformação.

E não tinha quem os chamasse à atenção?

Tinham e têm! O RACIONAL SUPERIOR, que os alertou para que não entrassem por essa parte da planície que ainda não estava em condições do progresso Racional. Mas eles entraram e nada lhes aconteceu, porque nada acontecia mesmo no simples passar ou transitar. E eles acharam que deviam entrar e progredir por conta própria.

Foram chamados à atenção e não quiseram retroceder, achando que estava tudo muito bem, porque não conheciam o que era sofrimento, como os que aqui ainda estão. Foram então se aprofundando por essa parte da planície a dentro, até entrarem em certa parte que ainda não estava pronta para entrar em progresso e procuraram progredir por conta própria. Essa parte então começou a se deslocar da Planície, por não estar pronta para entrar em progresso.

Assim começou o princípio da deformação, tão lenta que não sentiam a transformação que estavam fazendo. É a mesma coisa que esta insignificante comparação: ninguém sente o seu crescimento, vai crescendo sem sentir.

Conforme iam progredindo por conta própria, achavam que estavam muito bem. Eram puros, limpos, perfeitos e sem defeitos; mas embora sendo chamados à atenção, achavam que iam bem e começaram aí os primeiros passos da origem dessa deformação. A parte da planície que não estava pronta para entrar em progresso começou a se deslocar da parte que está aqui em cima.

A parte da planície em que eles entraram, começou a se deformar naturalmente, descendo e eles também se deformando, perdendo as virtudes sem sentirem e com o tempo, já mais afastados, quiseram retroceder, mas não puderam e continuaram.

Com o tempo então, cada vez mais se deformavam, vindo à extinção desses corpos em cima da planície e os que aí se deformaram, formaram um sexo; e os que se extinguiram em cima da resina dessa planície, outro sexo.

E por que surgiu essa resina da planície? Quando a parte da planície começou a se deslocar, os seres foram perdendo a suas virtudes e essas foram se reunindo, tornando-se a princípio, uma luz fosca e com o tempo, aumentando e começando a esquentar.

E conforme os seres iam se deformando, iam perdendo o resto das virtudes que tinham e elas se acumulavam, reuniam-se em um foco só, que cada vez esquentava mais, até que, com o tempo, tornou-se uma brasa e dessa brasa, o fogo. Eis a origem desse sol. Esse calor foi aumentando, esquentando essa planície deformada, em virtude de se acumularem, nesse foco, constantemente, as virtudes perdidas dos corpos Racionais.

Então, mais tarde, essa planície virou água e o resto dela, resina, que conforme o calor aumentava, começou a ficar empolada, torrada e depois de torrada, com a intensidade do calor virou cinza. E a outra parte, com o calor, se transformou em goma, que foi amolecendo até virar água.

Foi a infiltração dessa água na cinza da resina que, com o calor do sol, provocou o apodrecimento, para mais tarde, depois de podre, surgirem os micróbios de todas as formas, de todos os jeitos, originando-se daí, toda a bicharada. É por isso que o sol é criador, gerador e destruidor de tudo nesse mundo deformado, porque o sol constrói, alimenta e destrói.

A terra é uma bicheira a produzir bichos de todas as espécies e de todas as maneiras. Surgiram todos aí do nada, para viverem nesse tudo aparente. Nunca souberam como foram feitos. Desconheciam o antes de assim serem, antes de serem como são e como eram.

Agora, estão conhecendo o antes de assim serem, o porquê assim são e porque desconheciam a origem do mundo, de tudo e de todos.

Mais tarde então, surgiu a formação da lua, produto das virtudes da planície deformada e um pouco das virtudes da resina. É por isso que a lua não tem estabilidade, por ser originada das virtudes da planície deformada e das virtudes da resina.

A planície virou água e a resina virou cinza, que é a origem da terra. É por isso que a lua regula com a água e com a terra; mexe com a água, com a terra e com todos os seus feitos que têm ação sobre ela.

As estrelas surgiram do resto das virtudes da água e da resina também. Está aí um pedacinho da conclusão do antes de ser desse mundo e dessa formação como eram. Nessas primitivas passagens da formação, tudo realçava fulgor, porque nem tudo estava deformado.

Agora, depois de tudo deformado é que surgiram os vegetais, todos diferentes dessa vegetação atual e já estava muito antes tudo paralisado; a deformação dos corpos, como costumam chamar os bichos Racionais, e dos corpos irracionais.

É por isso que não sabiam como tudo isso foi feito, nem podiam saber como foram feitos do nada, como é que podia existir esse nada? Não podiam saber. Agora é que estão sabendo o princípio dele nesse esclarecimento feito pela IMUNIZAÇÃO RACIONAL que tudo transformará para o estado natural, que é aqui na PLANÍCIE RACIONAL.

Eis por qual meio se deu a extinção de todos, de onde vieram e para onde vão, como vieram e como vão. Eis a razão dos viventes não saberem quem fez tudo isso e agora estarem vendo que foram seus próprios habitantes que aí estão, que deram origem a esse mundo, como principiaram a fazer, as transformações que vieram fazendo, razão de terem chegado ao ponto deste grande desconhecimento de si mesmos e de tudo, devido a extinção da formação Racional.

 

 

CARTA AO LEITOR DO LIVRO “UNIVERSO EM DESENCANTO”

(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

 

Caro Leitor:

 

O capítulo acima parcialmente transcrito é apenas uma pequeníssima amostra do conteúdo desta transcendental e inédita Obra de Cultura Racional “Universo em Desencanto”.

É o primeiro e único Livro a descrever a história completa da humanidade em todos os seus planos dimensões: de onde ela procede; como e quando surgiu aqui na Terra; quem fez este mundo de matéria; como foi feito; qual a sua causa e qual a origem dessa causa.

E por se tratar de uma Obra Transcendental, prossegue em direção ao futuro, aquele tão desconhecido quanto o passado de tudo e de todos, descrevendo com riqueza de detalhes como é esse futuro e como é se viver nele Racionalmente para retornarmos para de onde viemos: a PLANÍCIE RACIONAL.

Em síntese, estimado Leitor, neste mundo de matéria nada se cria, nada se perde e dele nada se leva, pois tudo se transforma.

Viemos vivendo fases de transformações ao longo de milênios, que é a unidade de tempo que a Cultura Racional intitula de “eternidade”, pela impossibilidade de dimensioná-la dentro da limitada capacidade de nosso rudimentar entendimento e percepção: 21 eternidades representam o tempo decorrido desde quando saímos de nosso mundo de origem, o MUNDO RACIONAL, até o presente momento.

Portanto, o que foi aqui brevemente exposto pela Obra representa apenas um flash de nossa história, da vida de cada um de nós desde que fomos gerados por DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, à Sua imagem e perfeição como seres puros, limpos e perfeitos no MUNDO RACIONAL, até a condição atual de seres degenerados, degradados poluídos e materializados em um mundo de igual imperfeição.

Caso tenha interesse, sugerimos que entre em contato  através do site a seguir para se informar como e onde adquirir o seu primeiro volume de “Universo em Desencanto”:

 

http://www.universoemsencanto.com.br

 

Caro Leitor, não perca mais tempo e tampouco a oportunidade de se conhecer e retornar para sua verdadeira Origem, lendo, relendo e aprendendo tudo que o conteúdo dessa magnânima Obra de Cultura Racional “Universo em Desencanto” ensina: que os extraterrenos somos nós mesmos!

 

(*)  Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2018/09/16/racional-moment-95/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para MOMENTO RACIONAL 95

  1. Mary Sana disse:

    A história da humanidade descrita na GRANDIOSA OBRA de CULTURA RACIONAL, dos Livros “UNIVERSO EM DESENCANTO” é simples, verdadeira, natural.
    Belíssima lição vinda do MESTRE MAIOR, com a didática perfeita original!
    Para obter a sua consequente assimilação é indispensável boa vontade, desejo de adquirir autoconhecimento, dedicação ao estudo, para que a compreensão inevitavelmente aconteça.
    A ORIGEM é Racional e somente ela poderia nos fornecer tamanha RIQUEZA CULTURAL.
    A CARTA direcionada ao leitor do texto foi redigida providencialmente, está cirúrgica, inteligente, pautada na diplomacia Racional feita com a benevolência de alguém, que deseja ao próximo o que almeja para si.
    Parabenizo você, Gilberto Carnasciali!

    Curtido por 1 pessoa

    • Gilberto Carnasciali disse:

      SALVE MARY!
      Não intencionava me manifestar sobre os comentários, mas você foi tão feliz em sintetizar em umas poucas palavras o que foi explicado em centenas delas no texto para os leitores nacionais e internacionais do blog, que corroborando o que você disse acrescento o seguinte: o mal de tudo é a ignorância. E a ignorância enaltece a rudez e o atraso. E no atraso, pode-se alcançar o avanço? Pode o pensamento e a imaginação alcançar o Raciocínio?

      O que acontece com a resistência à leitura do LIVRO se mistura com a vida turbilhonada que humanidade passa no presente momento. Ninguém se interessa por nada que não seja ligado a materialidade, ao oportunismo, ao imediatismo. Todos ligados ao tudo do chão, todos ligados ao nada do chão, que é só o que conseguem enxergar a um palmo do nariz. Porque muitos já andam de quatro olhando para o chão, comendo o capim de amanhã, prenuncio da vida que lhes espera em níveis de classes inferiores.

      É essa convivência que nos faz sofrer. É a nossa lapidação!

      Sem cultura ninguém progride. É necessário se aprofundar na cultura artificial para poder se elevar na Cultura Racional. Seja lá como for, a cultura é essencial para o progresso e para a transição de um mundo degenerado, degradado e poluído, para o verdadeiro mundo de tudo e todos, o MUNDO RACIONAL.

      É por essas e por outras que ainda haverá demora para alcançarmos os Objetivos Racionais que tanto desejamos e que só uns tantos já se encontram em situação de obter. Por que? Porque deixaram de ser animais Racionais e passaram a ser Cultos Seres Racionais. Admitiram e adotaram os ensinamentos do Livro “Universo em Desencanto” em suas vidas como algo insubstituível, que os orientará nesta existência, na próxima, ou quando for, até se fazer a ligação com sua Origem Racional, que é o MUNDO RACIONAL.

      Essa é a grande diferença entre o mundo de hoje e o mundo de amanhã ou depois de amanhã: da ignorância à intelectualidade; do pensamento ao Raciocínio; do decadente ao ascendente; do mundo de matéria sofredor ao Paraíso Racional na Terra.

      Saudações Racionais, Mary!

      Curtido por 3 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s