NOSSA MISSÃO TRANSCENDENTAL

NOSSA MISSÃO TRANSCENDENTAL

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdR1h4bHNQdkpDczg  (Clique no link para ouvir o áudio)

BAIXAR AUDIO

Amigos, SALVE!

(*)

O mundo em que habitamos é um mundo deformado.

O que é deformado?

Deformado é o natural invertido, é o que está fora do natural, do original, fora da origem primordial – tudo que vibra em frequência invertida em relação à vibração perfeita, a eterna, equilibrada.

O ódio é o amor invertido.

A tristeza, o inverso da alegria.

A guerra, a inversão da paz.

A discórdia, a concórdia invertida.

O egoísmo, a inversão do altruísmo.

A corrupção, a inversão da ética.

O desequilíbrio, o inverso do equilíbrio.

O animal, o inverso do RACIONAL.

O pensamento, o inverso do RACIOCÍNIO. Pois, no pensamento está a dualidade, a fragmentação, a divisão, a discórdia. E no RACIOCÍNIO está a unidade, soma de tudo e de todos: a concórdia.

Um mundo onde existe o inverso de tudo, é portanto, um mundo deformado – e o inverso do tudo é o nada.

Um mundo deformado é, então, um mundo do nada, onde tudo parece que é, mas, não é, está invertido – completamente fora da realidade. O mundo aparente.

E se habitamos em um mundo, cujo saber admite tantas inversões, provado está se tratar de um mundo com saber invertido.

E sendo um mundo de saber invertido, é um mundo fora do seu verdadeiro natural, fora do seu original, fora de sua verdadeira origem.

Então, um mundo fora de sua verdadeira origem, é um mundo que está fora do seu verdadeiro natural.

E fora do seu verdadeiro estado natural, nada nesse mundo satisfaz, sendo essa a causa da insatisfação geral de todos os seres que nesse mundo habitam, por todos estarem vivendo fora do seu verdadeiro natural.

E como cada qual pode voltar a ser natural, a viver no seu verdadeiro estado natural?

Retornando à sua verdadeira origem, ao seu verdadeiro estado natural: a eternidade, onde reina a unidade.

E como retornar à origem verdadeira, ao estado verdadeiro natural?

Em primeiro lugar, tomando conhecimento dela. Depois, aprendendo a se ligar a ela.

E como tomar conhecimento dela e aprender a se ligar a ela?

Adquirindo o saber da origem verdadeira, que desenvolve a parte RACIONAL, o RACIOCÍNIO. Sendo o saber da origem o único saber que tem força e poder para transmutar o que está fora do natural, o que está invertido, vivendo artificialmente, por adotar um saber invertido do saber da eternidade, que é onde reina o verdadeiro natural.

E onde encontrar esse saber verdadeiro, natural, que faz a transmutação do deformado (transitório) para o natural (eterno: RACIONAL)?

Nos livros que contêm o saber natural, da razão da vida, racional, ditados pelo mundo de onde somos originários.

Que livros são esses?

São os livros de cultura natural, ou racional, por ser uma cultura da razão da vida. Os livros Universo em Desencanto.

E essa é a missão de todo animal RACIONAL, que nessa condição está por ter se transformado de RACIONAL para animal RACIONAL, devendo, neste Terceiro Milênio, cumprir com sua mais importante e vital missão, a de retornar ao seu estado verdadeiro natural de RACIONAL, por ter sido um ser RACIONAL que, por livre e espontânea vontade, saiu de seu mundo original e se deformou em animal, dando causa a este mundo deformado em que habitamos.

E é por isso que a humanidade vive de sofrimentos e continuará assim vivendo, enquanto não entender e compreender que somente de posse de Cultura Racional, saberá como transmutar de animal Racional para RACIONAL.

Por quê?

Porque a Cultura Racional é a cultura que a humanidade tinha quando era RACIONAL, corpos de energia de massa cósmica pura, limpa e perfeita, antes de se transformar em animal Racional. E que deixou de ter Cultura Racional, por se materializar em animal, perdendo a consciência RACIONAL, a consciência verdadeira do SER.

Deixou de ter Cultura Racional, deixou de ser eterno, passando a ser pensador, sofredor e mortal.

Essa desdita já dura 21 eternidades. Cada eternidade, não tem como contar. É o início e fim de cada transformação sofrida à cada inversão da sabedoria verdadeira, que é a Cultura Racional, até que se constituiu essa sabedoria artificial filosófica e científica na qual a humanidade hoje se baseia, causa de todo o nosso sofrimento, por ser uma sabedoria baseada na matéria. Uma sabedoria invertida que divide, mantendo uns contra os outros.

E pelo exposto, a missão do animal Racional é voltar a ser o que sempre foi: RACIONAL, preparando-se culturalmente, através de sua cultura verdadeira, a Cultura Racional, a cultura do nosso verdadeiro mundo de origem, o MUNDO RACIONAL, mundo transcendental, onde não existe matéria, por tudo ser energia de massa cósmica pura, limpa e perfeita: RACIONAL – e por isso, um mundo eterno, o reino do ABSOLUTO, o mundo dos eternos.

E essa cultura superior foi trazida à Terra por nossos irmãos extraterrenos, Habitantes do MUNDO RACIONAL, ditada a um deles (Senhor Manoel Jacintho Coelho) que se materializou aqui na Terra com esta finalidade única de receber as mensagens ditadas pelo RACIONAL SUPERIOR, o SUPERIOR do MUNDO RACIONAL, DONO do Primeiro Mundo que nos deu origem e, por isso, também DONO ABSOLUTO deste segundo mundo a que demos causa, com nossa desobediência e saída do MUNDO RACIONAL.

Detalhes sobre tudo isso, já no primeiro volume de Universo em Desencanto, que congrega todas as mensagens do RACIONAL SUPERIOR ao povo da Terra.

Esta é a nossa missão transcendental: estudar Universo em Desencanto e divulga-lo para toda a humanidade, para que todos possamos retornar ao mundo de onde viemos, que é para onde teremos que voltar, para colocar fim na nossa desobediência de ficar fora de casa.

E como a solução do fim da desobediência já está na Terra, quem insistir na desobediência pagará um preço muito alto, deformando-se ainda mais, durante mais 7 eternidades, na terrível hierarquia dos animais irracionais, até chegar a mísera condição de pedra.

Sim, porque na natureza deformada, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma para classes sempre inferiores, por ser uma natureza em transformações constantes.

Aí está mais uma vez bem explicado, o porquê da insistência nossa em recomendar o estudo de Cultura Racional, por ser a única cultura que nos ensina, dentro de nossas próprias casas, como transmutar de animal Racional para Racional, condição fundamental indispensável para nosso retorno ao mundo superior ao qual pertencemos, o MUNDO RACIONAL.

Que todos tenham consideração e amor por si mesmos e aceitem nossa orientação, fazendo a prova de São Tomé: VER PARA CRER!

A fortuna da vida de todos está lançada, a segura quem quiser!

LOUVADA SEJA A CULTURA RACIONAL!

(*) Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2015/07/03/our-transcendental-mission/

http://www.universoemdesencanto.com.br

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para NOSSA MISSÃO TRANSCENDENTAL

  1. Gilberto Carnasciali disse:

    Descemos de nossa sapiência Racional, uma de nossas virtudes que perdemos, nos extinguimos sobre a água e a resina, brotamos da terra, tornamo-nos monstros, depois selvagens, depois civilizados e finalmente animais Racionais. Surgiu o Alfabeto Astrológico que facilitou a vida de todos porque tornou prática a convivência. Através de uma rápida leitura da palma da mão as pessoas passavam a se conhecer como se já se conhecessem há anos, mas como não concordaram com as instruções de como viver a vida que vinham gravadas nas palmas das mãos de cada um, inventaram um alfabeto terreno pelo qual passaram a se guiar. Esses que criaram esse novo alfabeto julgando que iam atender a todo os gostos, fomos nós mesmos.

    Começamos a nos instruir, aprendendo a falar corretamente, escrever corretamente e nos exprimir corretamente. Surgiram então os dicionários, porque criamos um vocabulário tão extenso que ninguem poderia conhecê-lo completamente. Depois, tendo em vista a quantidade de significados que cada palavra tem, criamos o dicionário de sinônimos. Mas, eis que descobrimos que para cada palavra havia uma outra antagônica, então criamos o dicionário de antônimos. Um mundo de significados de palavras, de sinônimos e de antônimos.Um mundo DUAL habitado por confusos. E o pior, a proporção que o tempo passa aumenta o número de dicionários com suas grotescas grossuras, definindo a ânsia animalesca de querer explicar o inexplicável, porque tudo aqui na matéria não tem explicação visto que são aparências, como nós mesmos somos, meras aparências refletidas na ilusão de uma vida terrena, de matéria na matéria, totalmente desvalorizada, poque não garante nada, apenas o sofrimento, tem princípio e tem fim, se transforma todo o tempo, resumindo um ZERO.

    No MUNDO RACIONAL, aquele que ninguém tem lembraça, aquele que uma vez habitamos e que depois descemos na espiral de nossas virtudes perdidas, lá ninguém fala, ninguém escreve e todos se comunicam. Tentando simplificar para os terrenos, é como se falássem o “RACIOCINÊS”, em outras palavras o RACIOCÍNIO RACIONAL eterno, puro, limpo e perfeito.

    Esse é o saber invertido que o texto tão bem descreve.

    Mas eis que chegamos a 1935 e a Fase Racional entra em função acompanhada pela Natureza. Para substituir a descomunal quantidade de dicionários escritos e impressos em todas os idiomas da humanidade, o RACIONAL SUPERIOR se materializou aqui na Terra na pessoa do Senhor Manoel Jacintho Coelho, para quem ditou a Escrituração UNIVERSO EM DESENCANTO.
    Nada a ver com dicionários, mas com a história de cada um de nós humanos e do universo no qual estamos inseridos materialmente, contada em 1009 volumes. Narra com riqueza de detalhes como era nosssa vida na Planície Racional quando éramos puros limpos e perfeitos; como e porque deixamos o Paraizo e viemos parar nesse mundo ilusório de matéria; a extinção de nossos corpos na planície materializada; todo o nosso trajeto de montrengos até o atual momento de escolha: tornarmo-nos Aparelhos Racionais através da leitura e estudo da OBRA, divulgando-a de todas formas e maneiras; ou ficarmos indiferentes ou mesmo reacionários a tábua de salvação que nos é lançada e sermos arrastados pela força magnética para as profundezas onde sofrem os irracionais. Mais uma transformação entre as incontáveis pelas quais passamos.

    Assim como tivemos vontade e escolha lá em cima, na Planície Racional, estamos tendo agora, no momento decisivo final: Subir ou descer!

    A BONDADE SUPREMA é que nos oferece a escolha, apenas isso, porque ELA nunca participa das escolhas, somente nos provê as ferramentas, os meios para fazê-las corretamente. Elas são de nossa total responsabilidade.

    Portanto a sorte está lançada: APARELHO RACIONAL X ANIMAL IRRACIONAL!
    A Orientação Divina é uma dádiva da PROVIDÊNCIA DIVINA.
    Não podemos deixar de recebê-la.

    SALVE o RACIONAL SUPERIOR!

    Curtido por 1 pessoa

    • nalub7 disse:

      Salve, Gilberto! Que riqueza de comentário! De quem assimilou o texto além de sua forma escrita. Tomara venha muita gente aqui, com essa sensibilidade alcandorada, para ser efeito multiplicador do recado aqui dado por nós para o bem de todos os nossos irmãos e irmãs no mundo inteiro.
      Gratíssimos!
      SALVE o RACIONAL SUPERIOR!

      Curtir

  2. Pingback: OUR TRANSCENDENTAL MISSION | RACIOCINAR SEMPRE! PENSAR, NUNCA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s