MOMENTO RACIONAL 72

MOMENTO RACIONAL 72

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4Fdc2NhRmlnSTR4R0UyclIwNHZZRUtBVjljUzNZ

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1 (1)

(*)

(Compilado da Literatura Racional do Racional Superior)

 

NA LEITURA DAS PALMAS DAS MÃOS ESTEVE OUTRORA A SALVAÇÃO DO VIVENTE.

 

A Arábia é um país de muitas lendas, de muitas histórias e de muito romancismo, onde existiram noutros tempos castelos de ouro e mármore. Castelos esses que com o decorrer dos tempos foram sendo demolidos, e os povos adotaram novos sistemas. Mas não há, ainda hoje, quem não aprecie o passado da velha Arábia, com suas histórias, seus contos e romances do passado.

Existiam sábios nascidos na Arábia, veteranos conhecedores de astrologia que procuraram o mapa da vida que todos trazem nas mãos, e com a lapidação da ciência astrológica, começaram a prestar atenção nos astros por muitos e muitos séculos, notificando os seus movimentos e botando o nome de planeta e sigma. Esse estudo foi se espalhando por toda a Ásia, tornando-se depois conhecido universalmente. Naquele tempo a ciência era toda natural e se comunicava com os astros naturalmente, adquirindo o vivente, dessa forma, tudo o que precisava. Os sábios provaram então a cada pessoa o porquê do seu nascimento, o que tinha que ser, o que se passava na vida e o que iria passar na vida de cada um.

Naquele tempo o ensinamento era só este, e com o tempo os viventes criaram o novo alfabeto que usam até hoje por acharem melhor. As novas gerações começaram a inventar alfabetos novos, surgindo daí todos os embaraços que existem no mundo.

Os viventes mais felizes do mundo não são aqueles governados pelo seu sigma ou pelo seu planeta, e sim, os que são governados por outra parte diferente desse vácuo, que é a parte Racional.

A parte Racional é que governa todos os planetas, sua força sempre por cima deles todos, e o estudo de astrologia que era um estudo adiantadíssimo para se regularem outrora, não tinha valor algum em relação a força da parte Racional.

Valia apenas para o vivente saber por que nascia e os andamentos de sua vida. Era muito bom para libertar os povos; era mais adiantado do que esse sistema, esse alfabeto inventado pelo homem da Terra, que aí ficaram bichos de uma vez. Inventaram esse alfabeto para verem se podiam evitar ou cortar coisas que deviam se passar.

Nesse tempo não havia deus na Terra; o deus era o Sol e a deusa era a Lua.

Acima de todos esses conhecimentos está a força da parte Racional, que não cumpre caprichos de planetas nem de sigmas, porque está subjugada à parte superior e os planetas cumprem assim o que essa parte Superior quer.

Tudo isso é para chegarem à conclusão que a vida é boa e não é só o mal que impera; o bem também impera. O mal só impera com os maus que acabam mal. O bem impera com os bons que acabam bem, por terem em si o bem administrado pelo Ser Supremo a tudo e a todos.

Portanto, o que é um planeta?      

Planeta é um vivente dos astros com sua vida e sua força, estando nessa força a sua influência. Desta forma, quando o vivente nasce, e este ou aquele planeta está com sua influência sobre a Terra, o vivente recebe a influência dele. Se a influência é de Marte, o vivente sofre muito, pena muito. Se a influência é de Júpiter, o vivente sofre menos, se é de Aquário, menos ainda; e assim sucessivamente.

E o que é o Sigma?

Sigma é a pedra ou o metal que o planeta adota e onde tem toda a influência, que é o número, sendo a letra o planeta. E por isso, cada pedra com seu planeta, cada metal com seu planeta, e assim os vegetais, os animais e tudo que existe no mundo, pois até para fazer uma plantação é preciso escolher o planeta, que muitas vezes o vivente pensa que traz chuva, planta, e o planeta que vem é seco e tudo morre. Muitas vezes a lua promete chuva e não chove, e outras vezes não promete e faz chover.

Está aí o conhecimento dos primitivos alfabetos que surgiram no mundo, onde existiram diversos, mas o melhor foi o de astrologia. Com o Alfabeto de Astrologia o povo se compreendia e governava melhor. Com o alfabeto que impera até hoje, só se vê no mundo um progresso de martirizados e sofredores. É um alfabeto todo complicado que deu a todos essa mania de melhorar e tudo cada vez piorando. Hoje olham o alfabeto que está na palma das mãos, olham para todos esses traços, todos esses riscos e todos esses pontinhos, e nada sabem decifrar.

Tudo isso tem seus dizeres e os viventes não sabem decifrá-los. Estão com o saber nas mãos, com a vida toda traçada nas palmas das mãos, que é o Alfabeto Astrológico, e sem saberem o que quer dizer.

Não é que todos nasçam broncos, como costumam dizer, e sim, por culpa dos povos de outrora, que são os mesmos de agora, e não continuaram com o Alfabeto Astrológico que bem adiantado estava em seu progresso.

Os ambiciosos e gananciosos, que tinham vontade de serem ricos, mas o Alfabeto mostrava que seriam remediados, os outros que o Alfabeto dizia que tinham que ser músicos, mas que não queriam ser músicos, queriam que a ciência  fosse feita de acordo com tais vontades de querem ser aquilo que não nasceram para ser.

Então, esses desgostosos foram tratando de organizar outra ciência e outro alfabeto, para que por meio deles pudessem dar expansão às suas vontades. Então, não quiseram se guiar pelo direito, que é a mania de muitos, e seguiam pelo torto para as suas conveniências.

O Alfabeto Astrológico foi desvirtuado devido às vontades e os caprichos inconfessáveis; a ganância, a inveja e o ciúme. Hoje, ainda muitos estudam o mapa astrológico e fazem até fortuna, anunciando a qualquer um o passado, o presente e o futuro, muito certos, pela leitura do mapa que aprenderam a ler no verdadeiro alfabeto. Entretanto, este não é o alfabeto que impera no mundo; o que impera é este com o que já se acostumaram e que nada vale, razão porque, para ganhar a vida, muitos procuram o Alfabeto Astrológico, o mapa dos dizeres das palmas das mãos, onde o vivente estudando apenas a metade, já pode desvendar quase toda a vida de seus semelhantes.

No Oriente ainda usam muito o Alfabeto Astrológico. Na Índia, os indús e mesmo na Arábia ainda se faz uso deste alfabeto.

No tempo em que viviam com o Alfabeto de Astrologia, entendiam-se todos muito bem, porque se guiavam por esse alfabeto e não existia o espiritismo, pois só depois da modificação do Alfabeto Astrológico é que os viventes aí do espaço se revoltaram, e a Natureza também revoltada por não quererem se regular pelo Alfabeto dado por ela, começando então os viventes a serem perseguidos por forças estranhas.           

No início do aparecimento dessas forças, davam-nas como uma enfermidade qualquer, como um ataque, uma doença ou arte diabólica que na ocasião tomava conta da pessoa e fazia com ela o que bem entendia. Se todos se guiassem pelo Alfabeto dado pela Natureza que aí está nas palmes das mãos de todos os viventes, não haveria a necessidade da influência dessas forças estranhas, porque a Natureza não se revoltaria.

Portanto, o espiritismo é uma parte da astrologia. Os espíritos são viventes aí dos astros, que têm influência sobre os viventes da Terra, mas não está neles o equilíbrio de todos no mundo. Todos os espíritos trabalham de acordo com a missão que têm a cumprir e só exercem a sua influência na Terra porque a Natureza se revoltou quando os humanos deixaram de se guiar pelo alfabeto dado por ela, para seguirem aquele que inventaram para dar expansões às suas vontades.

Foi isso que deu margem à revolta dos espíritos e da Natureza, e esta, abriu aí na Terra a porta que deu entrada aos seres dos astros que aí estão progredindo de acordo com a educação e a instrução feita pelos viventes.

Imaginem quantas fases se passaram até o tempo atual, quando passamos para outra fase superior a todas, a Fase da IMUNIZAÇÃO RACIONAL, o conhecimento que agora, EU, o RACIONAL SUPERIOR, estou dando com todos os esclarecimentos do porquê de tudo, com todas as bases sólidas sobre tudo neste mundo e fora dele.

Tudo isso é para verem como foi a evolução do mundo; quantas coisas já se passaram que nem vale a pena comentar. Entretanto surge aí no mundo a IMUNIZAÇÃO RACIONAL. Nasce no BRASIL a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, para as novas gerações, que quando chegarem aí nesse mundo a adotarão, por ser ela de uma compreensão só, e por serem todos por um e um por todos.

E quem é esse um?

O RACIONAL SUPERIOR.

 

 

(*)  Texto em Inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2017/12/24/rational-moment-72/

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para MOMENTO RACIONAL 72

  1. Pingback: RATIONAL MOMENT 72 | RACIOCINAR SEMPRE! Pensar nunca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s