OS DIREITOS, OS DEVERES E A LIBERDADE.

OS DIREITOS, OS DEVERES E A LIBERDADE.png

https://drive.google.com/open?id=19REXdd1nRYdbwX7ipzserjOwZuQ1zPj8

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1

Saudações Racionais a todos, visíveis e invisíveis!

 

A liberdade é o bem mais desejado, pelos visíveis e invisíveis. Sim, os invisíveis também sempre buscaram por sua liberdade, porque neste segundo mundo em que habitamos todos sempre sofreram e continuam sofrendo, e onde há sofrimento, não existe liberdade.

O sofrimento dos seres visíveis é a atuação constante dos invisíveis que os governam, conduzindo os atuados à lapidação necessária para o desprendimento material.

E nessa lapidação está também o sofrimento dos invisíveis que, dia e noite, e noite e dia, não podem se despregar de sua missão dolorosa e, em decorrência dela, acabam se julgando donos dos visíveis, quando isso não é verdade, porque o DONO ABSOLUTO de tudo e de todos é DEUS TODO PODEROSO, o RACIOCÍNIO SUPREMO, o RACIONAL SUPERIOR.

O mundo em que habitamos assim veio caminhando, debaixo de muito sofrimento, até que chegou o tempo do ACERTO DE CONTAS com o Verdadeiro DONO do mundo, o RACIONAL SUPERIOR.

A Natureza mudou de fase, passando a governá-la a ENERGIA VERDADEIRA DE DEUS, a ENERGIA RACIONAL, para colocar fim no sofrimento e pondo cada qual no seu verdadeiro lugar.

A origem verdadeira deste Segundo Mundo é a morada de DEUS, o MUNDO RACIONAL, o Mundo dos Eternos, onde havia uma pequena parte em formação, que não estava pronta para progredir por conta própria.

Devido ao uso da vontade acima dos limites, de uns tantos Habitantes do MUNDO RACIONAL, não pertencentes àquela pequena parte, é que houve uma verdadeira tragédia de deslocamento da pequena parte, que se degenerou e se deformou causando este Segundo Mundo em que nos encontramos, trazendo consigo aqueles tantos Habitantes Racionais puros, limpos e perfeitos, os quais, ao longo de 21 grandes transformações da Natureza, chegaram à condição atual de animais Racionais, desconhecidos de suas transformações anteriores.

Formou-se o mundo inferior invisível e o mundo inferior visível. O invisível comandando o visível, porém, ambos vivendo sem se conhecer, sem lembrança do seu antes original de ser, existindo nesses dois planos seres de origem da parte do MUNDO RACIONAL em progresso, e da parte em formação que não estava pronta para o progresso.

Uma verdadeira poluição! E quem pode dizer de onde cada ser se originou, se da parte em progresso ou da parte anteriormente em formação?

Só mesmo quem assistiu a todo esse desastre universal, o DONO ABSOLUTO das duas partes, o SUPREMO DO MUNDO RACIONAL, o RACIONAL SUPERIOR.

E aí está ELE, nos Livros que ditou para visíveis e invisíveis através de seu porta-voz na Terra, Manoel Jacintho Coelho (1903-1991), esclarecendo quem somos, de onde viemos e para onde vamos.

Nesses Livros, de cultura natural, intitulados “Universo em Desencanto”, que coloca fim definitivo nos mistérios, enigmas, finitos e transfinitos, é que vamos tomar conhecimento dessa mudança de fase da Natureza, que coloca fim na fase espiritual, a fase do pensamento, para entrar em vigor a Fase Racional, a fase do desenvolvimento do raciocínio, para que visíveis e invisíveis sejam agraciados com a liberdade, que é o fim do sofrimento.

Portanto, os tempos são outros e exigem nova tábua de valores, condizentes com a evolução da Natureza.

Na fase do pensamento, antes de 1935, o pensar e imaginar de acordo com as determinações espirituais, representavam o dever dos viventes para alcançar determinados direitos. Mas esses direitos eram limitados, porque mantinham os viventes ligados à matéria, a este segundo mundo, razão pela qual não se conseguia se libertar dos sofrimentos.

Conclusão, por mais que se cumprissem os deveres e tivessem acesso aos direitos correspondentes, ninguém, visíveis nem invisíveis, tinham o direito à liberdade, continuando todos prisioneiros neste segundo mundo degenerado, deformado, poluído e cada vez mais enfraquecido, morrendo e nascendo (*), morrendo e nascendo, morrendo e nascendo, por ser um mundo de transformações constantes, sempre para pior.

Donde se conclui que nunca houve neste segundo mundo o VERDADEIRO DIREITO, que é o da transcendência definitiva de ligação no MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL, que nos concede a VERDADEIRA LIBERDADE de nunca mais ser vítima do sofrimento, qualquer que seja ele.

E tudo isso, para visíveis e invisíveis, agora é possível, através de nossa rendição à ENERGIA VERDADEIRA DE DEUS, a ENERGIA RACIONAL.

Os seres humanos, os animais Racionais, sendo os primeiros a serem beneficiados, através do desenvolvimento do raciocínio, pela leitura e estudo diário e sério dos Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.

Os invisíveis deste segundo mundo, beneficiados mais tarde, juntamente com todos os demais seres, desde que colaborem com a expansão da Cultura Racional na Terra.

Já os teimosos e resistentes, passarão longas eternidades perdidas, no abismo dos abismos, onde o sofrimento será o único guia de todos.

Para ver como é prudente cumprir com os deveres Racionais da Fase Racional, para naturalmente ser agraciado com todos os direitos, mas, principalmente, com o de maior valor universal, que é a liberdade de SE CONHECER, imunizando-se racionalmente e eternamente de tudo quanto é de mal.

Fase Racional é a fase mais linda da vida na Terra, porque é a fase da LIBERDADE que sempre sonhamos e que agora podemos conquistar, através do desenvolvimento do raciocínio, não mais perdendo tempo com as futilidades da vida da matéria e cuidando seriamente de ler, reler, estudar e divulgar os Livros de Cultura Racional, Universo em Desencanto.

Raciocinou, se libertou!

 

(*) somente os visíveis

 

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para OS DIREITOS, OS DEVERES E A LIBERDADE.

  1. Mary Sana disse:

    Realmente, tanto o mundo visível quanto o invisível, ambos, se tornaram espaços de aprisionamento de todos nós, esquecidos de onde viemos, devido às inúmeras transformações pelas quais passamos.
    Finalmente o coma profundo terá fim, tanto para os que anseiam pelo SABER VERDADEIRO como também para aqueles que se encontram muito degenerados e não percebem o alto risco em permanecer desconhecidos de si mesmos.
    Os que têm sede de SABEDORIA, sentiram a presença da Energia Racional na Terra, já estão estudando atenciosamente a Cultura Racional, dos Livros “Universo em Desencanto” e outros estão a caminho de conhecer Essa GRANDIOSA OBRA TRANSCENDENTAL.
    E aqueles que pelo o enfraquecimento degenerativo ficaram impossibilitados de ter percepção da presença da LUZ RACIONAL na Terra, seguirão as transformações da Natureza e ao final, também estarão, depois de grandes e dolorosas transformações de volta à condição de Planície Racional.
    É importante lembrar que no Terceiro Milênio, desde 1935, a viagem de volta ao Mundo Original, o MUNDO RACIONAL já está acontecendo, por ordem natural e irreversível.
    E a verdade é que a RESPONSABILIDADE desse DESASTRE, que redundou no sofrimento de visíveis e invisíveis é de todos nós.
    Tomara que a conscientização de tamanho crime, seja o bastante para que todos se ajudem no sentido de apressar o RETORNO à CASA ORIGINAL.

    Curtido por 1 pessoa

    • nalub7 disse:

      “Tomara que a conscientização de tamanho crime, seja o bastante para que todos se ajudem no sentido de apressar o RETORNO à CASA ORIGINAL.”
      Pois é, Mary, o parágrafo final de seu comentário justifica a URGÊNCIA absoluta da leitura e estudo dos Livros “Universo em Desencanto”, que revelam a VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE, pois, somente de posse desse conhecimento é que o vivente inconsciente vai acordar para a realidade dura da causa de seu sofrimento, que são todos que neste mundo vivem como se coisa muito boa fossem, por desconhecerem o crime que em conjunto a humanidade cometeu, antes de ser como hoje é.
      Éramos puros, limpos e perfeitos, e deixamos de ser pelo abuso do livre arbítrio, tornando-nos verdadeiros animais, com capa de civilizados.
      Quem não conhecer a nossa trágica trajetória da ORIGEM TRANSCENDENTAL aos dias de hoje na matéria, jamais poderá se conscientizar de que o mal está dentro de si mesmo, em cada vivente, carecendo de ser extirpado.
      Gratidão por seu valioso comentário!
      Saudações Racionais!
      Louvado seja o UNIVERSO EM DESENCANTO!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s