O PONTO FRACO

O PONTO FRACO

https://drive.google.com/open?id=0B_Q1dy73C4FdNGxBd19sWUNGSmRDcTN0bU12OWVweGhXWmNr

(Clique no link para ouvir o áudio)

download1

(*)

(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

 

“QUEM VIVE DESCONHECIDO DE SI MESMO, TEM UM PONTO FRACO NA VIDA. E ESSE PONTO FRACO, DESENVOLVIDO, MUDA POR COMPLETO O PONTO DE VISTA DE QUEM VIVIA DESCONHECIDO DE SI MESMO. ESSA É A MISSÃO DO RACIONAL: LUTAR PARA FAZER COM QUE TODOS PASSEM A SE CONHECER.” (RACIONAL SUPERIOR)

 

A base da origem da energia magnética é a Terra.

A base da origem da energia elétrica é a água.

A base da origem da Energia Racional é o MUNDO RACIONAL.

Todas elas contidas dentro da cabeça do vivente. O Raciocínio é a fase do terceiro ciclo da vida eterna, por a Fase do Terceiro milênio ser a continuação da vida ininterrupta ao longo das eternidades: o encontro com a vida eterna, a Fase da Racionalização dos povos.

Lembrando que a origem de todos está contida em um SER infinitamente Superior a tudo e a todos: DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, o RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS.

Os que ainda estão na fase de se ligar, são os estudiosos primários, que ainda não tem o amadurecimento necessário para assimilar as partes básicas e precisas do conhecimento, do desenvolvimento da desmaterialização do Habitante do MUNDO RACIONAL que está materializado em forma de máquina do Raciocínio na glândula Pineal do vivente.

Agora, os mais antigos na leitura são os pioneiros, estão mais amadurecidos pelos anos de leitura estudiosa, séria e compenetrada, têm mais convívio com a assimilação do Conhecimento, fato que não ocorre com o primário que tem apenas uns insignificantes anos de leitura para que tenha condição de expor com perfeição e total domínio o que leu e aprendeu sobre o objetivo da Cultura do desenvolvimento do Raciocínio.   

Toda a fruta só é boa quando amadurece.

A energia elétrica e magnética trata da desmaterialização do corpo elétrico e magnético do ser humano, animal Racional, para materializá-lo em classes inferiores nas espécies irracionais dos reinos animal, vegetal e mineral.

Este corpo que era máquina de matéria volta a ser o que era: energia elétrica e magnética. É o corpo de matéria voltando a sua verdadeira origem, que é o segundo mundo.

Já o Raciocínio, que é o habitante do MUNDO RACIONAL materializado, volta para o MUNDO RACIONAL, seu verdadeiro Mundo de Origem.

O corpo de matéria volta para sua verdadeira origem que é o segundo mundo. O Raciocínio volta para o Primeiro Mundo.

Por ser uma evolução natural da Natureza, a evolução é bem rápida, por se tratar de uma desmaterialização e não de uma materialização ou um crescimento. O crescimento demora porque a pessoa demora a crescer. A desmaterialização é diferente, é muito mais rápida que o crescimento por ser uma evolução natural da Natureza.

È muito mais rápido destruir do que construir.

Para que se efetivassem as lapidações, a Natureza criou convenções através de suas ferramentas; uma infinidade de aparências, cada coisa uma coisa, todas aparentes, “esse” se denomina isto, “o outro” se denomina aquilo, convencionando com coisas aparentes as vidas das pessoas sofredoras e mortais na Terra.

Tudo convencionado pelo pensamento e pela imaginação para a lapidação do animal Racional.

A dona do pensamento teve que agir assim devido a rudez, o atraso e a brutalidade do ser humano naquele estágio primitivo em que se encontrava e que muitos até hoje ainda se encontram, na época da instrução civilizada em vigor.

Por isso existem os bons e existem os maus, assim como existem os monstros também. E por isso existem as maldades e as monstruosidades, tudo o que existiu e existe com sua razão de ser.

Tudo isso assim foi, até que em 1935 um RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS aqui chegou, o VERDADEIRO DEUS do Aparelho de Origem Racional, trazendo um Compêndio Racional intitulado “Universo em Desencanto”, que veio estabelecer no mundo uma nova cultura vinda de um mundo desconhecido por todos, o MUNDO RACIONAL.

Desconhecido por quê?

Assim não deveria ser, pois todos de lá vieram, de sua origem pura limpa e perfeita. Entretanto, descaíram para o estado deplorável em que se encontram de ignorantes degenerados, degradados e poluídos.

Qual a razão então?

Em um mundo puro, limpo e perfeito em que todos viviam em eterna harmonia, uns tantos decidiram sair por conta própria do MUNDO RACIONAL e entrar por uma parte da PLANÍCIE RACIONAL que não estava pronta para entrar em progresso e lá progredir por conta própria.

DEUS, o RACIONAL SUPERIOR, alertou-os para o crime que estavam perpetrando, mas suas advertências não foram ouvidas nem atendidas e aqueles tantos continuaram despreocupadamente seu passeio, julgando estar progredindo por conta própria. Ledo engano.

Aquela parte da planície começou a se movimentar imperceptivelmente e a se deslocar da parte principal da PLANÍCIE RACIONAL e durante o processo a perder suas virtudes, assim como todos que nela estavam.

Encurtando uma longa história que vem narrada com todos os detalhes na Obra Máxima de CULTURA RACIONAL “Universo em Desencanto”, essa parte da planície e todos que nela estavam, passaram por um processo de transformações, deformações e de perda de virtudes (que são as vidas puras limpas e perfeitas que anteriormente viviam).

Essas virtudes se reuniram em um foco de luz à distância. Dele passou a emanar uma luz branca e fria que com o tempo aqueceu e se transformou no sol. E assim, esse foco de luz cada vez mais quente começou a aquecer a parte da planície em que aqueles tantos vinham progredindo em um progresso que na realidade vinha a regresso, e tudo se deformando cada vez mais, e saindo da planície uma resina que com o calor começou a empolar, depois a queimar, depois a torrar para finalmente virar cinzas, que se transformaram na terra.

A outra parte da planície com o calor começou a derreter, ficando mole e gomosa, eventualmente se tornando um líquido grosso que posteriormente afinou e virou água.

Eis aí a formação da terra e da água.

 Os corpos dos Racionais, que vinham descendo junto com a planície, com o tempo se extinguiram em cima da terra e da água.

A vida desses tantos em seu novo mundo de matéria prosseguiu em um processo de fases de materialização rústica no primeiro milênio, tal qual vegetais brotando do chão, inicialmente como monstros de várias formas, depois como selvagens atrasados e adiantados e finalmente como civilizados.

Na 17º eternidade, ainda no primeiro milênio, iniciou-se a procriação através da inseminação natural por meio da relação sexual.

Essas fases são conhecidas como fase do primeiro milênio, do segundo milênio e do Terceiro Milênio. A fase do segundo milênio é a fase do animal Racional, cuja categoria é de bicho Racional, dividida em duas classes: animal Racional e animal irracional.

Todos passaram pelas fases da imaginação magnética e do pensamento elétrico e magnético do primeiro e segundo milênios, a fase da lapidação pesada. Estamos, a partir de 1935, na Fase Racional, a Fase do Raciocínio, que necessita urgentemente ser desmaterializado dentro da glândula Pineal do vivente.

Chegamos ao ponto crucial e culminante dessa longa, acidentada e sofrida jornada e o objetivo único daqueles tantos que aqui desceram devido a uma seríssima desobediência ao PAI é de agora caprichar na leitura e se aprofundar no Conhecimento Racional, para desmaterializar o Habitante do MUNDO RACIONAL que jaz materializado dentro de sua cabeça, para que ele possa readquirir sua formação corpórea original de massa cósmica pura, limpa e perfeita e retornar para seu Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL.

Este é o ponto fraco a ser fortalecido com o desenvolvimento do Raciocínio, que permitirá o retorno de todos para o convívio eterno de nosso PAI, o RACIONAL SUPERIOR, e de nossos irmãos puros limpos e perfeitos que sabiamente lá permaneceram.

Para tal, necessitam levar o Conhecimento Racional a todos os irmãos que ainda o desconhecem, de todas as formas, de todas as maneiras, de todos os jeitos, fazendo o bem não importa a quem e desejando ao próximo somente o que deseja de bem para si próprio.

Esse ato só enaltecerá seu mérito perante o Tribunal Racional e o tornará um real representante do MUNDO RACIONAL na Terra, dando continuidade ao trabalho pioneiro do RACIONAL SUPERIOR DA TERRA, o Senhor MANOEL JACINTHO COELHO.

SALVE!

 

 

(*)  Texto em inglês:

https://nalub7.wordpress.com/2019/07/31/the-weak-point/

Sobre nalub7

Uma pessoa cuja preocupação única é trabalhar em prol da verdadeira consciência humana, inclusive a própria, através do desenvolvimento do raciocínio, com base nas leis naturais que regem a natureza e que se encontram no contencioso da cultura natural da natureza, a CULTURA RACIONAL, dos Livros Universo em Desencanto.
Esse post foi publicado em AUTOCONHECIMENTO, EDUCAÇÃO E CULTURA, Livros, Saúde e bem-estar e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para O PONTO FRACO

  1. Mary Sana disse:

    Que grandeza é quando o ser vivente deixa de ser alguém “DESCONHECIDO DE SI MESMO”!
    E todo aquele que passa a se conhecer, adquire RACIONALMENTE FORÇAS , por propiciar o RENASCIMENTO da VIDA materializada na Glândula Pineal.
    O TRABALHO MISSIONÁRIO de todos que já passaram a se conhecer é levar o CONHECIMENTO DE REDENÇÃO UNIVERSAL, os Livros “Universo em Desencanto” aos povos da Terra.
    Nessa busca por SOCORRER a todos, o ESTUDANTE CONSCIENTE da Cultura Racional, também vai saber o que explicar para atingir a INDIVIDUALIDADE SOFRIDA da pessoa, seu particular “PONTO FRACO”, além do DESCONHECIMENTO DA VIDA, que é concernente à quem ainda não ACIONOU o Raciocínio e vive sem saber QUEM É, DE ONDE VEIO E PARA ONDE VAI.
    É por isso que o ESTUDO RACIONAL com REFLEXÃO, ASSIDUIDADE e PERSISTÊNCIA, prepara o Aparelho Racional para elucidar em sua DIVULGAÇÃO de “Universo em Desencanto”, exatamente o que o seu interlocutor precisa tomar ciência, para DECIDIR ALI, que precisa ser RECUPERADO através do desenvolvimento do Raciocínio.
    Parabéns Gilberto, pelo texto que nos leva a uma brilhante REFLEXÃO RACIONAL!

    Curtido por 3 pessoas

  2. nalub7 disse:

    Gilberto, você resumiu em um brilhantíssimo texto o ponto fraco de todos os seres humanos, que resulta no império do sofrimento na Terra: o NÃO SE CONHECER! PARABÉNS!!!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s